fratura exposta

Páginas: 15 (3691 palavras) Publicado: 20 de março de 2014
1. INTRODUÇÃO

A fratura é a quebra da continuidade da superfície óssea, podendo ocorrer quando o mesmo é submetido a estresse maior do que ele pode suportar. Há uma ruptura total ou parcial da estrutura óssea, podendo ser fechada ou exposta. As fraturas fechadas são aquelas em que o osso fraturado permanece no interior dos tecidos onde normalmente se aloja, não havendo ferimento na pelecausado pela ponta do osso quebrado (Brasil, 2002).
De acordo com Müller et al (2003) fratura exposta é aquela em que há quebra na barreira da pele e tecidos moles adjacentes levando a comunicação direta entre o meio externo e a fratura e seu hematoma. Como o meio interno, no caso dos membros, é estéril, o contato com o meio ambiente muda esta situação, transformando-o em contaminado. Dependendo dotempo de exposição, até o início do tratamento, e do sucesso ou não do procedimento cirúrgico inicial, a contaminação pode evoluir para infecção de partes moles e também do osso.
Conforme Cunha et al (2003) a classificação de fraturas expostas mais utilizada atualmente é a de Gustilo: Tipo I: fratura exposta, limpa, exposição menor que 1 cm, lesão óssea simples e mínima lesão de partes moles;Tipo II: fratura exposta, com moderada contaminação, exposição de 1 a 10 cm, lesão óssea com moderada cominução, moderada lesão de partes moles e alguma lesão muscular; Tipo III: fratura segmentar, com grande contaminação, exposição maior que 10 cm, divide-se em IIIA (dano extenso e grave das partes moles, lacerações, sendo possível cobrir o osso fraturado com partes moles); IIIB(coberturainadequada de partes moles ao osso, normalmente requer cirurgia reconstrutiva de partes moles) e IIIC (lesão vascular que precisa ser reparada).
Historicamente Hipócrates relata estudos de pacientes gravemente feridos nas guerras, tratados com ferro (faca) ou fogo (cauterização). Galen e seus seguidores reconheceram também a purulência e sua necessidade para o processo reparador dos graves feridos daépoca. No século XV e XVI Brunschwig e seguidores advogaram que a remoção dos tecidos desvitalizados dos compartimentos abertos era necessária para o tratamento das feridas que não se recuperavam. Vários métodos foram então desenvolvidos para tratar estas graves lesões, porém somente a partir da Primeira Guerra Mundial o desbridamento extenso foi firmado como princípio de tratamento (MÜLLER et al,2003).
A conduta de se realizar o desbridamento de tecidos desvitalizados foi introduzida na França por Desault no século XVIII, tendo sido utilizada com rigor nas campanhas Napoleônicas para reduzir o índice de mortalidade decorrente das fraturas expostas. Apesar do entendimento de que o desbridamento rigoroso, a estabilização da fratura e reparação do revestimento cutâneo são fatores importantes nosucesso do tratamento, as técnicas adequadas de reconstrução são eventos mais recentes (LIMA et al, 2004).
No atendimento pré-hospitalar onde há uma ou mais fraturas expostas, deve-se inicialmente obedecer aos princípios do Advanced Traum Life Suport – ATLS, protocolo este introduzido pelo Colegiado Americano de Cirurgiões, onde há uma seqüência de ações realizadas pelo socorrista que visareduzir a mortalidade e incapacidade. Durante o ABCDE, no exame primário, a preocupação inicial com a fratura exposta será na manutenção da circulação do membro afetado, após a garantia de uma via aérea pérvia e de uma respiração adequada. Nesta fase, apenas a imobilização provisória do membro e a compressão do sangramento com ataduras são realizadas (CUNHA et al, 2003).
Apesar do diagnósticoevidente da exposição da fratura à simples inspeção visual é importante que se obtenha história detalhada do traumatismo, com informações do próprio paciente ou de familiares, policiais ou pessoas que observaram a ocorrência ou participaram do atendimento inicial e remoção (MÜLLER et al, 2003).
Para Müller et al (2003) atualmente o tratamento intra-hospitalar das fraturas expostas deve ser realizado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fratura exposta
  • FRATURAS EXPOSTAS
  • Fratura Exposta
  • Fratura Exposta
  • Fratura exposta
  • Atb fratura exposta
  • Fratura exposta e Afogamento
  • ESTUDO DE CASO FRATURA EXPOSTA DA TÍBIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!