Fratura de diafese de femur

Páginas: 26 (6337 palavras) Publicado: 10 de junho de 2014
Fratura da diáfise do fêmur
INTRODUÇÃO

A classificação das fraturas femorais tem utilidade na determinação do tratamento e prognóstico. Esta classificação se baseia na localização e no padrão da fratura, e considera todas as fraturas ocorrentes no âmbito do espaço transepicondiliano do joelho. As fraturas do tipo A envolvem a diáfise distal apenas com graus variáveis de cominuição. Asfraturas do tipo B são fraturas condilianas; o tipo B1 é uma divisão sagital do côndilo lateral, o tipo B2 é uma divisão sagital do côndilo medial, o tipo B3 é uma fratura no plano coronal. As fraturas do tipo C são fraturas condilianas em T e em Y; as fraturas do tipo C1 não apresentam cominuição, as fraturas do tipo C2 apresentam uma fratura diafisária cominutiva com dois fragmentos articularesprincipais, e as fraturas do tipo C3 apresentam uma cominuição intra-articular.


Fraturas da Diáfise Femoral

O fêmur é o maior osso do corpo e sua diáfise é particularmente forte nos adultos. Freqüentemente as fraturas da diáfise femoral são resultantes de traumas de alta energia, podendo estar associadas a lesões em vários sistemas. Deste modo, é necessário um traumatismo direto violento, talqual como pode acontecer em um acidente automobilístico, para produzir uma fratura da diáfise femoral. Embora a consolidação da fratura possa ser usualmente conseguida por tratamento fechado, normalmente requer 20 semanas - e algumas vezes mais tempo.

Uma fratura da diáfise femoral num adulto raramente pode ser reduzida e mantida num aparelho de gesso.


Tratamento

Durante o tratamento deemergência dos pacientes que sofreram fratura desviada da diáfise femoral, o membro deve ser imobilizado, não só para avaliar a dor, mas também para impedir lesão futura às partes moles. O choque associado deve ser tratado prontamente.

O tratamento não-operatório tem menos riscos do que o tratamento operatório e é suficiente para a maioria das fraturas da diáfise femoral. A tração é contínua dotipo fixa ou balanceada. Enquanto que as fraturas oblíquas, espirais e cominutiva não necessitam de redução prévia, as fraturas transversas em adultos devem ser inicialmente reduzidas sob anestesia geral, e então ser aplicado o dispositivo de tração para manter a redução. A tração é continuada por aproximadamente 12 semanas durante as quais o paciente é encorajado a exercitar todos os músculos domembro fraturado. Quando a consolidação clínica foi conseguida, evidenciada pela ausência de dor local provocada ao nível da fratura e a ausência de dor ao se aplicarem forças angulatórias, o dispositivo de tração deve ser retirado.

O tratamento operatório incluindo a fixação interna com uma haste intramedular longa é o que melhor se ajusta às fraturas do terço médio da diáfise femoral e écorrentemente o método predileto para estas fraturas. Uma vez que há consideráveis riscos - particularmente de infecção - a osteossíntese intramedular não deve ser usada imprecisamente. As circunstâncias seguintes representam indicações definidas para osteossíntese intramedular: (1) falha em se conseguir uma redução aceitável por meios fechados; (2) lesões traumáticas múltiplas associadas; (3) lesãoda artéria femoral coexistente necessitando de reparo; (4) paciente idoso par aquém o repouso em cama prolongado é deletério; (5) fraturas patológicas. Mesmo após a osteossíntese intramedular de uma diáfise femoral fraturada, a mobilização em uma espica gessada para quadril é aconselhável por oito semanas pelo menos.

Atualmente, existem várias técnicas para seu tratamento, e o cirurgiãoortopédico deve estar ciente das vantagens, desvantagens e limitações de cada uma delas. O tipo e localização da fratura, o grau de cominuição, a idade do paciente são fatores que podem influenciar o método de tratamento.

Os métodos de tratamento possíveis para as fraturas da diáfise femoral são os seguintes:

1. Redução fechada e imobilização em aparelho gessado pelvipodálico

2. Tração...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fratura de Fêmur
  • fratura femur
  • Fratura de Femur
  • Fratura de femur
  • Fratura de Femur
  • Fraturas Fêmur
  • Fratura do Fêmur
  • Fratura de femur

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!