Forun

Páginas: 5 (1225 palavras) Publicado: 18 de março de 2015
Texto Complementar

Geração ritalina
Disponível em: http://www.estadao.com.br/noticias/suplementos,geracaoritalina,1000603,0.htm
Crianças agitadas e ‘impossíveis’ são mensageiras das agitações e
impossibilidades dos pais nelas refletidas
ROSELI FISCHMANN*
O aumento do consumo de ritalina e congêneres sinaliza como a medicalização
de crianças e adolescentes, em substituição a processoseducacionais mais
plenos, tem sido um caminho “confortável” para famílias, escolas e sociedade,
apesar de ser apenas aparente solução para situações vividas.
Agitação em que vivem os adultos reposiciona as crianças na vida familiar
Em nada auxilia o trabalho educativo dos pais, o que se verifica nas estruturas
domésticas, qual seja, a passagem dos sistemas tribais (em que todos são
responsáveis por todas ascrianças do clã, vivendo em amplos espaços
compartilhados) para sistemas de unidades familiares (alojadas em imóveis
urbanos exíguos). Mesmo se não pensarmos em clãs, há o fato de essas
famílias nucleares serem cada vez menores, contrapondo-se ao tempo não tão
remoto em que a família era maior, com ascendentes convivendo
proximamente, assim como agregados diversos.
O aumento da expectativa de vidae a ampliação das possibilidades de
participação socioeconômica trazem situações novas. Avôs e avós estão no
mercado de trabalho, sendo muitas vezes responsáveis pelo sustento familiar.
Não há mais a figura da vovó velhinha contando histórias e fazendo bolinhos
de chuva para os netos, sendo assim um apoio afetivo e emocional à formação.
A criação e a educação dos filhos sobre os efeitos dosdiversos tipos de
pressão que vivem os pais, em ambientes cada vez mais competitivos,
extrapolam o âmbito profissional. São pressões que se espraiam pela imagem
propiciada por bens de consumo e usufruto de serviços, somadas ao ritmo
acelerado pelo uso das tecnologias de informação, que também reformulam o
conceito de tempo, agora composto com um espaço desdobrado em muitos (o
presencial, o virtualinstantâneo, o virtual latente, etc.).

Toda essa agitação em que vivem os adultos reposiciona as crianças na vida
familiar. Espera-se que a criança seja responsável por resultados e por compor
parte da imagem de perfeição. É quando se insinua a tentação de lidar de
modo mais “eficaz” com a “indisciplina” da criança. Se a preciosa
espontaneidade infantil traz situações de “bagunça” doméstica, e suashabilidades motoras, em desenvolvimento, pedem amplidão para exercitar-se e
acabam por precisar se acomodar ao espaço disponível, não é o caso de
imediatamente rotulá-las como “problemáticas” e “hiperativas”, buscando o
médico e a prescrição de drogas que as “ajustem”.
Uma criança é uma vida em desenvolvimento, com necessidades diversas e
ritmos próprios. Ela precisa da interação com adultos paraconhecer limites e
possibilidades - e não para receber a camisa de força de expectativas
impróprias que apenas fazem transbordar as pressões vividas pelos pais. A
individualidade de cada criança e adolescente não é indício de individualismo,
mas de sinais que indicam direções necessárias para que possam se formar
como seres íntegros, participativos na família e na sociedade, críticos ecolaborativos, produtivos e felizes.
Para trazer um paralelo com as pressões sobre os adultos, no livro Por que a
Psicanálise? a francesa Elizabeth Roudinesco, psicanalista lacaniana e
historiadora da cultura, afirma que nosso tempo colocou a depressão no lugar
que foi antes ocupado por outras doenças - como a tuberculose no século 19.
Isto é, como mal do século, voltando-se para desenvolver drogas quepropiciem lidar com a dor sem enfrentar o que a provoca.
Elizabeth Roudinesco aponta como essa eliminação medicamentosa da dor
pode ser um modo de aumentar a alienação. Abrandar artificialmente a dor
acomoda e conforma aqueles que, talvez exatamente pelo espírito crítico e
inquieto, mais estejam propensos à depressão. E isso os anula. A autora
ressalta: expressar-se, verbalizar a dor, debater até...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • forun
  • Forun de games
  • Tecnologia WEB

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!