Formatação academica

Páginas: 38 (9481 palavras) Publicado: 27 de março de 2012
1
ALUNO: ________________________________________________ RA: _____________
CURSO ________________________________________________ SALA ____________
Profa. Chafiha Maria Suiti Laszkiewicz
chafiha@uninove.br
2
1. A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO
“A única pergunta idiota é a que você não fez.”
(Paul MacCready – Engenheiro americano 1925-2007)
Leia com atenção os textos que seguem e elabore um textoque apresente suas reflexões sobre a importância de estudar.
SABER LER E ESCREVER
Em 2003, o governo lançou o programa “Por um Brasil Alfabetizado”. Desde então, periodicamente, há cerimônias solenes de formatura para os adultos que aprenderam a ler e a escrever e para os que completaram o ensino fundamental. Com freqüência, o próprio presidente Lula felicita a turma.
No sábado passado, no Riode Janeiro, o presidente disse aos alunos que, uma vez formados, eles poderão mais facilmente encontrar emprego e ganhar mais do que um salário mínimo. Além disso, o progresso na qualificação dos trabalhadores contribuirá para o desenvolvimento nacional.
Um mês atrás, em circunstâncias análogas, o presidente evocou uma lembrança tocante: seu pai, analfabeto, comprava o jornal para que os outrosnão descobrissem que ele não sabia ler. Juntando Fome Zero, programa de alfabetização e campanha da auto-estima brasileira, ele afirmou: “Comer e estudar possibilitam ter força para trabalhar. Possibilitam estufar o peito e dizer „eu sou brasileiro e não desisto nunca‟.
Não há como não concordar: o analfabetismo é injustamente vivido como vergonha, o esforço de quem se alfabetiza na idade adultapode e deve ser motivo de grande orgulho e, certamente, é mais fácil trabalhar comendo e sabendo ler e escrever.
Mas resta que, nos discursos citados, nada parece ser dito sobre o que significa mesmo aprender a ler (não tenho acesso à integra desses discursos, talvez minha observação valha apenas para a seleção relatada na imprensa).
Algum leitor tomará a dianteira: “Agora ele vai nos dizer queo importante, na alfabetização, não é melhorar o acesso ao mercado do trabalho e permitir o exercício digno da cidadania (saber ler formulários, votar, informar-se). Ele vai dar uma de intelectual e afirmar que a pessoa deve se alfabetizar para ler Camões e Machado de Assis”.
É quase isso. Explico.
No começo dos anos 1970, em Genebra, fiz parte de um pequeno grupo de acadêmicos italianos queorganizou um curso noturno para os imigrantes que quisessem completar o
3
ensino fundamental. Leitores de Paulo Freire, tínhamos a ambição de fazer de nossas aulas um momento de “conscientização” (era a palavra da moda).
Pois bem, as pequenas turmas que ajudamos se interessavam, obviamente, pelo diploma (que era a condição para se candidatar a um emprego público na Itália). Mas o que todosqueriam, o que os motivava, depois de um trabalho brutal, a passar as noites numa sala de aula era outra coisa.
Foi a pedido deles que inventei um jeito de resumir muitos daqueles livros sem os quais o mundo fica mais triste e pobre. Resumi a “Divina Comédia”, “Dom Quixote”, “Crime e Castigo” e “Moby Dick”. Resumi “Édipo Rei” e a “Fedra” de Racine. Resumi “O Jovem Törless” e “O Coração das Trevas”. Paracada livro, eu contava a história, mostrava como ela nos tocava de perto e trazia um parágrafo ou dois de um momento crucial, para a gente ler e comentar. Às vezes, mudava as palavras e endireitava a sintaxe, simplificava o texto.
Mais pelo fim do curso, a gente ia ao cinema aos sábados. Depois do filme, durante as noitadas das quais ainda sinto saudade, no café Landolt, era um festival de nexose interpretações: “Ele fez que nem o capitão Ahab”, “Ela era uma Fedra mesmo”, “O outro se tomava pelo Grande Inquisidor” e por aí vai. As conversas se confundiam com o papo dos estudantes de letras nas mesas ao lado da nossa. Emocionava-me a familiaridade com a qual tratavam a tradição literária, mas o fato mais comovedor, para mim e para eles, era que sua experiência e sua fruição do mundo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Formatação academica
  • Manual para Formatação Acadêmica (UniFEI)
  • formatação
  • Formatacao
  • FORMATAÇÃO
  • Formatação
  • Formatação
  • formatação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!