Formação

Páginas: 29 (7147 palavras) Publicado: 11 de novembro de 2012
FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PROFISSÃO DOCENTE

António Nóvoa (*)

Este texto procura introduzir novas abordagens no debate sobre a formação de
professores, deslocando-o de uma perspectiva excessivamente centrada nas dimensões
académicas (áreas, currículos, disciplinas, etc.) para uma perspectiva centrada no
terreno profissional (1).
Na primeira parte evoca-se o percurso histórico deformação da profissão
docente, argumentando-se com a necessidade de pensar a formação de professores a
partir de uma reflexão fundamental sobre a profissão docente.
Na

segunda

parte

relaciona-se

a

formação

de

professores

com

o

desenvolvimento pessoal (produzir a vida do professor), com o desenvolvimento
profissional (produzir a profissão docente) e com o desenvolvimentoorganizacional
(produzir a escola).
Não se trata de um texto "fechado", mas antes do lançamento de um conjunto
de ideias "abertas", que procuram estimular um pensamento diferente sobre os modos
e as estratégias de formação de professores.

A FORMAÇÃO DA PROFISSÃO DOCENTE

Consolidação da profissão docente: apontamentos históricos
O professorado constituiu-se em profissão graças àintervenção e ao
enquadramento do Estado, que substituiu a Igreja como entidade de tutela do ensino.
Esta mudança complexa no controlo da acção docente adquiriu contornos muito
específicos em Portugal, devido à precocidade das dinâmicas de centralização do
ensino e de funcionarização do professorado.
Os reformadores portugueses do final do século XVIII sabiam que a criação de
uma rede escolar,geometricamente repartida pelo espaço nacional, era uma aposta de
progresso. Mas sabiam, também, que este esforço iria contribuir para legitimar
ideologicamente o poder estatal numa área-chave do processo de reprodução social.
Os professores são a voz dos novos dispositivos de escolarização e, por isso, o
Estado não hesitou em criar as condições para a sua profissionalização.
Ao longo do século XIXconsolida-se uma imagem do professor, que cruza as
referências ao magistério docente, ao apostolado e ao sacerdócio, com a humildade e
a obediência devidas aos funcionários públicos, tudo isto envolto numa auréola algo
mística de valorização das qualidades de relação e de compreensão da pessoa
humana. Simultaneamente, a profissão docente impregna-se de uma espécie de entredois, que temestigmatizado a história contemporânea dos professores: não devem
saber de mais, nem de menos; não se devem misturar com o povo, nem com a
burguesia; não devem ser pobres, nem ricos; não são (bem) funcionários públicos,
nem profissionais liberais; etc.
Desempenhando um papel charneira na construção do Portugal contemporâneo,
os professores foram submetidos a um controlo muito próximo do Estado. Na 1ªmetade do século XIX implementaram-se mecanismos progressivamente mais rigorosos

de selecção e de recrutamento do professorado. Mas, quando foi preciso lançar as
bases do sistema educativo actual, a formação de professores passou a ocupar um
lugar de primeiro plano: desde meados do século XIX que o ensino normal constitui
um dos lugares privilegiados de configuração da profissão docente.Em torno da
produção de um saber socialmente legitimado sobre as questões do ensino e da
delimitação de um poder regulador sobre o professorado confrontam-se visões distintas
da profissão docente nas décadas de viragem do século XIX para o século XX.
As escolas normais são instituições criadas pelo Estado para controlar um corpo
profissional, que conquista uma importância acrescida no quadrodos projectos de
escolarização de massas; mas são também um espaço de afirmação profissional, onde
emerge um espírito de corpo solidário. As escolas normais legitimam um saber
produzido no exterior da profissão docente, que veicula uma concepção dos
professores centrada na difusão e na transmissão de conhecimentos; mas são também
um lugar de reflexão sobre as práticas, o que permite...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • formação
  • formação
  • Formacao
  • Formação
  • formação
  • formação
  • eu na formação
  • Formação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!