Formação Econômica do Brasil

Páginas: 6 (1335 palavras) Publicado: 20 de novembro de 2014
Gabriel Hantschick Fernandes Monteiro – 12203913
Graduando de Relações Internacionais.
Professor: Marcos Alves Valente

Formação Econômica do Brasil
1. Porque no capitulo XXX Furtado afirma que o erro da política foi não compreender
a natureza colonial da produção de café no Brasil?
O autor começa o capítulo contextualizado o ultimo decênio do século XIX, dizendo
que existia no Brasil umcenário favorável à expansão da cultura cafeeira, e não passou
por crises como a asiática que foi fortemente prejudicada por enfermidades. No Brasil o
produto com maior vantagem relativa era o café, enquanto seu preço não diminuísse os
produtores de matéria-prima continuariam a empreender seu tempo em tal produto, mas
no Brasil a elasticidade da mão-de-obra e a abundância de terras, variáveisconstantes
aos países produtores de café, indicava uma diminuição do preço do produto em longo
prazo graças a empreendimentos como estradas de ferro, portos e meios de transporte
marítimos que passaram a crescer no final do século. Dessa forma, no caso brasileiro,
enquanto o preço continuava alto a oferta do café tendeu a crescer em função da
disponibilidade de mão de obra e terrasdesocupadas, além da vantagem brasileira na
exportação de tal produto, como por exemplo, as condições climáticas excepcionais que
o Brasil era dotado fazendo com que o Brasil controlasse 75% da oferta mundial de
café. Com isso o Brasil detinha a capacidade de manipular a oferta mundial de café e o
seu preço, na primeira crise de superprodução ficou evidente aos produtores de café a
capacidade dedefenderem-se contra a baixa de preços, tudo que necessitavam era
recursos financeiros para reter parte da produção, para contrair a oferta. Embora o preço
pudesse ser controlado nas primeiras pelo aumento de estoque de café e depreciação
externa da moeda, essa excessiva pressão levou a uma crescente insatisfação social e
políticas que tentaram recuperar a taxa de cambio, eis que os estoques de cafécresciam
ano a ano gerando mudanças nos preços e levando a uma perda permanente da renda
para os produtores, políticas foram definidas para manter o equilíbrio aos produtores,
como por exemplo, o governo intervindo para comprar os excedentes a partir de
empréstimos estrangeiros e os governos dos estados produtores deveriam desencorajar o
crescimento das plantações, mas a redução artificialda oferta causava a expansão dessa
mesma oferta e criava um problema maior para o futuro, e as medidas para contornar
esse problema foram infrutíferas. Em 1929 a crise mundial já encontrou os mecanismos

de defesa da economia cafeeira extremamente vulneráveis, devido ao fato de que as
produções aumentaram e as exportações estavam estabilizadas, com os estoques ainda
era possível o controledo preço internacional que acarretava grandes lucros aos
empresários, mas mesmo com o aumento da renda da população internacional
compradora de café existia uma situação perfeitamente caracterizada de desequilíbrio
estrutural entre oferta e procura, sendo ela a impossibilidade de se esperar um aumento
sensível da procura resultante de elevação da renda disponível para consumo nos paísesimportadores, dessa forma os estoques que se estavam acumulando não tinham
nenhuma possibilidade de ser utilizados economicamente num futuro próximo. Na
medida em que acima foi explicado o cenário cafeeiro do Brasil, é possível identificar o
erro da política em não compreender a natureza colonial da produção de café no Brasil,
não se verificou a inevitável tendência a baixa de seu preço, amanutenção da
oferta/demanda apenas fez com que o desequilíbrio se aprofundasse cada vez mais.
2. Explique porque no capítulo XXXI sobre a Crise de 1929 e os Mecanismos de
Defesa, Celso Furtado faz a seguinte afirmação: Praticou-se no Brasil uma política
anticíclica, fomentando a renda nacional.
Anos antes a crise de 1929 era impossível para o Brasil obter créditos no exterior
para financiar novos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Formação Econômica do Brasil
  • Formaçao social e economica do brasil
  • Formação economica do Brasil
  • FORMAÇÃO SOCIAL ECONOMICA DO BRASIL
  • formacao economica do brasil
  • Formação economica do brasil
  • Formação econômica do Brasil
  • formação social e econômica no brasil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!