foreing object damage

Páginas: 121 (30245 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2014
REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

EM VIGOR

Área de Formação

521. Metalurgia e Metalomecânica

Itinerário de Formação

52128. Produção e Transformação de Compósitos

Código e Designação do
Referencial de
Formação

Modalidades de
desenvolvimento

Publicação e
actualizações

521263 - Técnico/a de Produção e Transformação de
Compósitos
Nível de Formação:

3

Educação e Formaçãode Adultos – Tipologias de nível secundário
Formação Modular

Publicado no Boletim do Trabalho e Emprego (BTE) nº 21 de 8 de Junho de 2009 com
entrada em vigor a 8 de Junho de 2009.

Observações

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

Saída Profissional: Técnico/a de Produção e Transformação de Compósitos

Nível 3

Índice

1. Introdução

3

2. Perfil de Saída

4

3. Organização doReferencial de Formação para Acesso à Qualificação

5

3.1. Qualificação de nível 3 - Curso EFA ou Formação Modular
Condição de acesso: 9º ano

5

3.2. Qualificação de nível 3 - Curso EFA ou Formação Modular
Condição de acesso: 10º ano

8

3.3. Qualificação de nível 3 - Curso EFA ou Formação Modular
Condição de acesso: 11º ano

8

4. Referencial de Formação Global

9

5.Desenvolvimento das Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD)

12

5.1. Formação de Base
5.2. Formação Tecnológica

12
50

6. Sugestão de Recursos Didácticos

116

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

Saída Profissional: Técnico/a de Produção e Transformação de Compósitos

Nível 3

2/115

1.

INTRODUÇÃO

O sector da Metalurgia e da Metalomecânica é um importante sector de actividade naeconomia
portuguesa e com uma significativa expressão no total da Indústria Transformadora, quer ao nível do
emprego, quer ao nível do número de empresas. Caracteriza-se pela grande diversidade de âmbitos
produtivos, bem como pela multiplicidade de bens produzidos, desde bens intermédios e acabados,
destinados a actividades industriais dentro e fora do sector, até produtos destinados ao mercadode bens
e consumo.
Este sector constitui-se como um importante fornecedor de todo o sector industrial, desempenhando,
desta forma, um papel fundamental no processo de desenvolvimento e modernização da indústria
portuguesa, quer em sectores a montante (engenharia, serviços de apoio e administrativos, informática),
quer a jusante (construção civil, agricultura, construção automóvel, acessóriose outro material de
transporte).
É constituído por quatro grandes subsectores: a metalurgia de base (produtos intermédios); os produtos
metálicos; os bens de equipamento e o material de transporte (produtos acabados). Os produtos deste
sector são sobretudo utilizados em embalagens, áreas de habitat e ambiente, de energia e processos de
mobilidade, de mecânica e diversos.
As questõesambientais, de qualidade e de normalização têm-se imposto cada vez mais. Os problemas
ambientais estão intimamente ligados a este sector, já que a transformação de produtos tem impactes
sobre a natureza, através da poluição e consumo de recursos. A implementação de políticas ambientais
nem sempre é fácil e rapidamente rentável para as empresas do sector, mas o chamado marketing verde
começa a ser umaimportante ferramenta comercial. A melhoria da qualidade, por outro lado, é uma
condição crescentemente exigida pelos consumidores, impondo-se como uma variável estratégica para a
maioria das empresas, designadamente via comprovação decorrente de processos de Certificação de
Qualidade. Também a normalização, ou seja, a aplicação e acompanhamento das normas
internacionalmente reconhecidas,tem-se mostrado como um factor importante para as empresas que
operam num mercado competitivo e exigente em termos de qualidade.
A grande maioria das empresas do sector é de pequena dimensão. O número de trabalhadores por conta
de outrem tem diminuído nos últimos anos. A maioria é pouco jovem e tem baixa escolaridade, mas a
estrutura de habilitações do sector tem vindo a revelar uma evolução...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Punitive Damages
  • Punitive Damage
  • object c
  • Object serialization
  • Liguagem Object Pascal (Delphi)
  • Object Snap
  • Object pronouns-microaula
  • Object Pascal I

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!