Flávio Furtado

Páginas: 15 (3671 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS USUÁRIOS DE UM CENTRO DE ATENÇÃO
PSICOSSOCIAL NA CIDADE DE RECIFE

PROFILE EPIDEMIOLOGICAL OF THE USERS OF THE PSYCHOSOCIAL CARE
CENTER IN THE CITY OF RECIFE

Casiana Tertuliano Chalegre Paula
Mestre em Saúde Pública
Centro de Atenção Psicossocial Espaço Vida. Recife
- Pernambuco. casichalegre@hotmail.com

RESUMO
Dentre os dispositivos de atenção à saúdemental, os Centros de Atenção Psicossocial
(CAPS) têm valor estratégico para a Reforma Psiquiátrica Brasileira, por possibilitar a
organização de uma rede substitutiva ao hospital psiquiátrico no país. Este trabalho objetiva
descrever o perfil epidemiológico dos usuários admitidos em um CAPS tipo II na cidade do
Recife no ano de 2007. É um estudo epidemiológico descritivo retrospectivo. Foramcolhidos, de 90 prontuários, dados do questionário de Indicadores de Saúde Mental. Os
resultados mostram o predomínio do sexo feminino. Quanto à Classificação Internacional de
Doenças – 10a revisão, encontrou-se 34,4% dos usuários no grupo F30 (transtornos do
humor); 25,6% no grupo F20 (esquizofrenias, transtornos esquizotípicos e transtornos
delirantes) e 3,3% no grupo F40 (transtornosneuróticos, transtornos relacionados com o
estresse e transtornos somatoformes).

PALAVRAS-CHAVE: Centros de Atenção Psicossocial; Epidemiologia; Avaliação em
saúde.

INTRODUÇÃO
No mundo, os estudos epidemiológicos na área de saúde mental são identificados
como incipientes e ainda pouco utilizados na elaboração de políticas de saúde
mental. No Brasil, a literatura mostra que alguns estudosexistentes são relativos à
prevalência ou incidência de transtornos mentais que acometem as populações,
porém estão mais concentrados na região sul e sudeste do país. Apesar de ainda
Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, ISSN 1984-2147, Florianópolis, V. 2, n.4-5, p.94 - 105

94

existir uma escassez de bibliografia, observa-se que o interesse por essa área de
pesquisa vem aumentando de formasubstancial nos últimos anos, e assumindo a
finalidade de oferecer maior entendimento sobre o papel dos fatores associados a
doenças mentais (MEDEIROS; FERREIRA FILHA & VIANA, 2006).
Por muitos anos a doença mental foi institucionalizada, produzindo homogeneidade
e serializando, trazendo conseqüências como de-socialização, negação da
identidade, da subjetividade e perda de contratualidade. AReforma Psiquiátrica
Brasileira surgiu diante da necessidade de desinstitucionalizar a pessoa com
transtorno mental e de mudar o modelo assistencial, priorizando dispositivos de
atenção à saúde mental extra-hospitalares de base comunitária. Entende-se também
que é mais do que isso, sendo um processo social muito complexo e cujo objetivo
fundamental é a construção de um novo lugar social para oindivíduo com transtorno
mental (AMARANTE, 1994).
Dentre esses dispositivos, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), criados a
partir da Portaria n.º 336/GM de 19 de fevereiro de 2002, têm valor estratégico para
a Reforma Psiquiátrica brasileira, por possibilitar a organização de uma rede
substitutiva ao hospital psiquiátrico no país. Segundo essa portaria, os centros
poderão constituir-senas modalidades de serviços: CAPS I, CAPS II, CAPS III,
CAPS i II e CAPS ad II definidos por ordem crescente de porte/complexidade e
abrangência populacional, funcionando segundo a lógica da territorialidade (BRASIL,
2002; 2009).
Este trabalho teve por objetivo descrever o perfil epidemiológico dos
usuários admitidos no CAPS Espaço Vida no ano de 2007. Este CAPS II atende
pessoas a partirde 18 anos de idade, ambos os sexos, psicóticos e neuróticos
graves. É um serviço de saúde municipal, aberto, comunitário que realiza
acompanhamento clínico e reinserção social do usuário.
O levantamento do perfil dos usuários, através dos Indicadores de Saúde
Mental neste trabalho, oferece informação que avalia o serviço e a Política de Saúde
Mental local. A partir desse perfil entende-se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Flavio
  • Flavio
  • Flavio
  • EM Flávio
  • Flavio
  • flavio
  • Flavio
  • flavio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!