fitopatologia

Páginas: 14 (3262 palavras) Publicado: 2 de fevereiro de 2015

1. ACEROLA
A acerola é uma fruta tropical rica em vitamina C. Encontrou no Brasil condições edafoclimáticas favoráveis ao seu cultivo, com destaque para as Regiões Nordeste e Sudeste. É uma cultura atraente sob o ponto de vista da crescente demanda do produto nos mercados interno e externo, precocidade do início de produção, possibilidade da ocorrência de várias safras ao longo do ano e semproblemas limitantes de pragas e doenças até o momento (RITZINGER & RITZINGER, 2011).
DOENÇAS
Várias doenças atacam a aceroleira, cuja severidade depende da região e das condições climáticas (ALMEIDA et aI.,2003). Dentre as doenças mais comuns destacam-se a antracnose (Colletotrichum gloeosporioides) , a cercosporiose (Cercospora sp.), a seca descendente de ramos (Lasiodiplodia theobromae) e apodridão- de-frutos causada por Rhizopus sp. O controle das doenças da aceroleira deve seguir os mesmos princípios relatados para o controle das pragas. A incidência e a severidade das doenças podem ser reduzidas mediante podas de limpeza, para a eliminação de ramos secos que podem estar afetados por L. theobromae, e podas de formação, para a obtenção de uma planta com copa aberta no centro, quemelhora o arejamento, diminui o nível de umidade e aumenta a luminosidade no seu interior (RITZINGER & RITZINGER, 2011).
Diante da necessidade de controle químico, recomenda-se a utilização de produtos de baixa toxicidade e curto período de carência. As espécies de nematoides do gênero Meloidogyne são as de maior importância econômica na aceroleira, de ocorrência comum em regiões tropicais esubtropicais . Os sintomas indicativos da presença desses nematoides caracterizam-se pela formação de entumescimentos nas raízes, denominados "galhas". Quando a formação de galhas nas raÍzes é elevada, a aceroleira exibe amarelecimento na parte aérea, redução no tamanho das folhas e nanismo, podendo resultar em declínio e morte das plantas. Dentre as alternativas de manejo, a produção de mudas sadias emsubstrato isento de fitonematoides e o plantio em áreas livres do nematoide, constituem as medidas mais eficazes (RITZINGER & RITZINGER, 2011).
Quando o plantio é realizado sob a presença de fitonematoides, recomenda-se efetuar o monitoramento da população, bem como, o uso de cobertura morta, aplicação de resíduos orgânicos ou compostos sob a forma líquida ou sólida. A adubação e irrigaçãoadequadas também favorecem a tolerância da cultura e sustentabilidade no agrosistema (RITZINGER; FANCELLI, 2006).
2. MELÃO
Doenças causadas por fungos

Cancro-das-hastes, crestamento-gomoso ou podridão-de-micosferela
É uma das principais doenças do meloeiro e pode ser encontrada em todas as regiões produtoras de cucurbitáceas podendo atacar a planta em todos os seus estádios de desenvolvimento. Ocrestamento gomso é causado pelo fungo Didymella brioniae, que tem várias sinonímias, tais como Mycosphaerella citrullina, M. melonis, Phoma cucurbitacearum, Ascochyta citrullina, A. melonis, etc. Este patógeno pode atacar várias cucurbitáceas, no entanto, os danos mais sérios são observados em melão e pepino. O sintoma mais importante dessa doença aparece nas ramas. No entanto, também podem servisualizadas alterações nas folhas e nos frutos, quando a doença ocorre de forma mais severa ( BARBOSA, 2010).
Podridão do colo - Macrophomina sp.
Entre as doenças que afetam a cultura do melão no Nordeste brasileiro, tem-se o cancro das hastes causado porDidymella bryoniae atualmente considerada uma das mais importantes. Contudo, Tavares et al. (1996), constataram que sintomas semelhantescausados por Macrophomina sp. têm sido confundidos com os de D. bryoniae.Os sintomas provocados por Macrophomina sp. também são expressados por necroses no colo da planta de coloração escura conforme observado em campo por infecção natural e em condições de casa-de-vegetação em plantas artificialmente inoculadas. Os danos à planta também são de morte desta quando num processo avançado de infecção. ...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fitopatologia
  • fitopatologia
  • fitopatologia
  • Fitopatologia
  • fitopatologia
  • fitopatologia
  • Fitopatologia
  • fitopatologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!