Fisioterapia no Puerpério

Páginas: 6 (1336 palavras) Publicado: 27 de agosto de 2014
FISIOTERAPIA NO PUERPÉRIO

O período gestacional é caracterizado como o período de profundas alterações na mulher, física e emocionalmente falando. Uma série de mudanças ocorre nesse período que dura em média nove meses.
A fisioterapia tem um papel muito importante na gestação, tanto no período pré- parto como no pós-parto, o fisioterapeuta ajuda a futura mamãe em orientações para melhorar ascondições físicas dela durante o parto assim como nos primeiros meses após o nascimento, visando um maior conforto para a mãe e o bebê.
Dentre as orientações feitas pelo fisioterapeuta para a mãe no período pós- parto também conhecido como puerpério estão:

CUIDADOS COM A MÃE

Como já citado, uma séria de modificações se inicia e algumas orientações tornam a vida da mãe mais fácil. Logoapós o parto, ocorrem alterações:

Musculoesqueléticas:
No pós o parto, os músculos abdominais ficam fracos, devido a diminuição do tônus, isso pode levar a uma diminuição de suporte a outras regiões da coluna. Outra estrutura diretamente afetada são os ligamentos, devido a grande influencia hormonal. Para isso, iniciam-se exercícios abdominais, levando em conta que a puépera deve estar numaposição estável, estando assim, fora de qualquer risco de maiores riscos para os músculos e ligamentos (evitar hiperalongamento dos mesmos).
* É importante que os exercícios abdominais sejam realizados com as mãos sobre o troco, evitando o aumento da diástase do reto do abdome.
Uma série de exercícios para melhorar o tônus muscular de uma forma geral podem ser realizados de maneira mais fácil para amãe, no seu dia-a-dia e enquanto ela cuida do bebê, são exemplos:














































Circulação:
No pós-parto, haverá um aumento do débito cardíaco, devido à flutuação no volume de contração, chega a aumentar em 50% e é esperado que volte ao normal em até três semanas após o nascimento do bebê. Outra alteração na circulaçãoé a parda de calor, placenta e líquido amniótico, todos decorrentes do parto, pode ocorrer na puérpera tremores e calafrios, ligados a essa alteração.

Alterações no trato urinário:
O parto acaba lesando diversas áreas no trato urinário, exemplo disso, são os traumas da bexiga, suas paredes podem ficar edemaciadas e haver hiperemia no local, em conseqüência disso, é normal haver um sangramento(moderado). Em consequência disso, a bexiga perde a sensibilidade à estimulações da micção. É importante orientar a puérpera a esvaziar a bexiga com frequência, se por acaso ela perdeu a sensação aos estímulos de micção, poderá cronometrar o esvaziamento da bexiga principalmente nos primeiros dias após o parto. Esses estímulos são recuperados normalmente.

Alterações emocionais:
É de extremaimportância dar uma atenção especial quanto ao emocional da puérpera, após três dias do parto, até 80% das mulheres entram em depressão transitória, a conhecida depressão pós-parto, diversos fatores agem para a evolução deste quadro, por exemplo, as intensas mudanças físicas que a mulher percebe após esse período, a responsabilidade de agora ser mãe e com isso gera outro fator que é atenderincondicionalmente as necessidades de bebê, e em alguns casos, ocorre também a rejeição por parte da mãe com a criança, entre outros.

Alterações no trato gastrointestinal:
É comum, logo após o parto, haver a diminuição da motilidade intestinal, ou seja, o intestino tem uma dificuldade na realização dos movimentos peristálticos, os responsáveis pela eliminação do bolo fecal. Assim, é provável que hajaum desconforto por parte da mãe. Orientações como uma dieta rica em fibras, deambular o mais cedo possível (estimula os movimentos peristálticos), e se for o caso, o uso de laxantes leves ajudarão na recuperação total da motilidade.

CUIDADOS COM O BEBÊ

Junto com o nascimento, vêm também várias dúvidas da mãe com relação ao bebê, principalmente se for a primeira gestação, é importante...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • FISIOTERAPIA NO PUERPÉRIO
  • Puerperio
  • Puerpério
  • PUERPERIO
  • Puérperio
  • Assistencia ao puerperio
  • Trabalho puerpério
  • Puerpério patologico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!