Finanças internacionais

Páginas: 70 (17369 palavras) Publicado: 18 de abril de 2012
Os Sistemas Monetário e Financeiro Internacionais

1. O Mercado de Câmbio
2. O Sistema Monetário Internacional
3. O Sistema Financeiro Internacional
4. As Instituições Financeiras Multilaterais e Bilaterais
5. Os Paraísos Fiscais e Bancários
6. As Tendências Internacionais do Sistema Financeiro
7. Abertura dos Mercados Financeiros
8. Os Mercados FinanceirosInternacionais e as Crises Bancárias
9. Questões Relativas ao Sistema Monetário Internacional
10. A Intervenção no Mercado Cambial, a Oferta de Moeda e o Balanço de Pagamentos
11. O Mercado de Títulos

Os Sistemas Monetário e Financeiro Internacionais

4.1 O Mercado de Câmbio
Numa economia aberta[1] ao exterior, um novo ativo monetário entra em cena: a moeda estrangeira. A incorporaçãodas transações com moeda estrangeira na análise do mercado monetário altera e torna mais complexo o funcionamento dos mercados monetário e financeiro em geral. O ponto de partida para examinar a relação ente a moeda doméstica e a estrangeira é o mercado de câmbio, que é o local onde estes dois ativos são trocados. As operações ali realizadas são determinadas pelo regime cambial vigente e refletema demanda pelas moedas nacional e estrangeira e as condições de oferta destas. O preço básico dos ativos nele negociados é a taxa de câmbio, a qual, ao lado da taxa de juros e da taxa de inflação é um dos principais fatores representativos dos fundamentos monetários das modernas economias abertas. Estes fundamentos, por sua vez, contribuem para explicar a dinâmica das taxas de variações da renda edo emprego[2].


Regimes Cambiais e Taxa de Câmbio

Um regime cambial é definido, fundamentalmente, pela regra estabelecida para a formação da taxa de câmbio (taxa de câmbio fixa ou taxa de câmbio flutuante, em essência). Outras regras também são importantes para determinar as relações entre o mercado de câmbio e o mercado monetário, cabendo destacar as regras relativas ao grau deconversibilidade da moeda doméstica, isto é, o grau de liberdade que os residentes de um país têm para adquirir moeda estrangeira com moeda doméstica para diferentes finalidades.
Chamar-se-á de taxa de câmbio ao valor da unidade da moeda estrangeira medido em unidades de moeda nacional. Em outras palavras, a taxa de câmbio será referida como sendo o preço da moeda estrangeira e representadapelo quociente (quantidade de moeda local)/(unidade de moeda estrangeira)[3], como por exemplo, no caso do Brasil em relação aos EUA, R$1,75/US$1.00. Isto significa que uma elevação da taxa de câmbio corresponde a um aumento do preço da moeda estrangeira e, portanto, a uma desvalorização da moeda doméstica (já que serão necessárias mais unidades de moeda doméstica em troca de uma unidade da moedaestrangeira). Esta é a razão pela qual se usa a expressão desvalorização (depreciação) cambial para denominar uma elevação da taxa de câmbio e valorização (apreciação) cambial para designar uma queda da taxa de câmbio. Costuma-se usar os termos valorização/desvalorização no regime de câmbio fixo e os termos apreciação/depreciação no regime de câmbio flutuante.


A Flutuação Pura

Um regime deflutuação cambial pura (ou com taxa de câmbio perfeitamente flexível) é caracterizado pela taxa de câmbio ser determinada, exclusivamente, através das forças de mercado, sendo esta a sua característica mais importante. Se associarmos esta característca com a hipótese de perfeita mobilidade de capitais e de bens e serviços, um desequilíbrio incipiente no mercado de câmbio é resolvido“instantaneamente” através de uma mudança na taxa de câmbio. Portanto, num regime de flutuação pura não há desequilíbrio – se não que apenas latente – do balanço de pagamentos.
Uma outra característica deste regime cambial é que, na medida em que o Banco Central não intervém no mercado de cãmbio, ele não precisa dispor de reservas internacionais. Ou seja, desequilíbrios no balanço de pagamentos não se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • Finanças Internacionais
  • Financas Internacional
  • finanças internacionais
  • Finanças internacionais
  • financas internacionais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!