Finanças empresariais

Páginas: 43 (10632 palavras) Publicado: 12 de outubro de 2011
FINANÇAS EMPRESARIAIS E A CONTABILIDADE
Adriana Maria Procópio de ARAÚJO Doutora em Contabilidade e Controladoria pela FEA-USP Professora do Departamento de Contabilidade da FEA-US/RP amprocop@usp.br Alexandre ASSAF NETO Livre-Docente em Contabilidade (área Finanças Empresariais) pela FEA-USP-RP Professor do Departamento de Contabilidade da FEA-USP/RP Coordenador do Programa de Mestrado emAdministração da Uni-Facef assaf@terra.com.br

Resumo Este artigo tem como objetivo traçar uma breve descrição dos princípios de finanças empresariais, fazendo uma ligação entre a teoria contábil e a administração financeira, principalmente no aspecto de valorização dos recursos que envolvem o patrimônio de uma entidade. Constata-se a importância da execução da contabilidade voltada para atender àsexpectativas dos usuários (acionistas) e não somente para a medição do lucro e rentabilidade.

Abstract This article has the objective of tracing a brief description of the principles of enterprise finances, making a link between the account theory and the financial administration, mainly in the aspect of valuation of the resources that involve the patrimony of an entity. Importance of theexecution of the accounting directed to not only take care of the expectations of the users (shareholding) and toward the measurement of the profit is evidenced it and yield.

Palavras-chave: Administração Financeira – Finanças Empresariais – Contabilidade.
v.7 FACEF PESQUISA - v.7 - n.3 - 2004

Key-words: Finance – Corporate Finance – Accountancy.
5

FINANÇAS EMPRESARIAIS E CONTABILIDADE

1Referencial teórico 1.1 Lucro econômico A definição do lucro econômico é um assunto que vem sendo discutido e aprimorado por pesquisadores durante décadas. Para se chegar ao lucro econômico, mister se faz a conceituação do capital. Segundo Fisher (1988, p. 24), a poupança nos leva à natureza do capital. Capital, no sentido de capital-valor, é simplesmente a renda futura descontada ou, em outraspalavras, capitalizada. O valor de uma propriedade, ou de direitos à riqueza, é seu valor como fonte de renda e é calculado descontando essa renda esperada. O precursor da definição de lucro como sendo o montante que pode ser consumido sem a redução do capital é Adam Smith. Hicks (1946) reforça e avança esse conceito de que lucro é o montante que uma pessoa pode gastar durante um período e, ainda,estar tão bem no final do período quanto no início. Completando esse raciocínio, Hendriksen & Van Breda (1999) afirmam que lucro é um fluxo de serviços por unidade de tempo; o capital é a representação concreta de serviços futuros, e o lucro é o desfrute desses serviços num dado período. Acrescentam definindo o lucro como sendo o excedente após a preservação do bem-estar. Ainda segundo os mesmosautores, para que a preservação da riqueza (capital) seja avaliada, necessária se faz que a referida avaliação seja em sua totalidade (ativos e passivos). Completando: “a variação dos ativos e passivos durante o período é combinada ao fluxo de caixa gerado pela empresa para chegar ao lucro da entidade nesse período” (HENDRIKSEN & VAN BREDA, 1999, p. 192). Não obstante, será alcançada a medida dolucro de acordo com a maneira pela qual os ativos e passivos estiverem sendo avaliados. As medidas tradicionais podem ser enumeradas da seguinte forma: (i) lucro tradicional, em que os ativos e passivos são avaliados pelo custo histórico; (ii)

lucro econômico, considerando o valor de mercado da entidade; e (iii) outros conceitos, em que se utilizam medidas baseadas em expectativas dos fluxos decaixa futuros e também nos preços de mercado dos ativos. No contexto empresarial, o lucro pode ser entendido como o resultado obtido com o uso do capital. Avançando esse raciocínio, a empresa não visa somente interesses próprios, busca também, um fluxo de riqueza aos seus acionistas. O capital é o estoque de riqueza capaz de gerar resultados futuros e o lucro é o fluxo de riqueza superior ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • finanças empresariais
  • Finanças empresariais
  • Finanças empresariais  
  • Finanças empresariais
  • Finanças empresariais
  • Finanças empresariais
  • Finanças empresariais
  • Finanças empresariais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!