Filosofos

2970 palavras 12 páginas
Introdução
Atualmente, uma das questões mais preocupantes e discutidas pelos educadores é a disciplina e os fatores que fomentam a sua ausência no ambiente escolar. Instituída como um mito, ela é analisada por diversos pontos de vista, por diferentes teorias e profissionais envolvidos na área da educação. A sociedade na qual se estabelece o exercício da disciplina, além de ser constituída por uma diversidade de culturas, vive em constante transformação. A sociedade mudou, o sujeito mudou, e o aluno também mudou. A escola está sofrendo para se adaptar. Levando em consideração esse contexto, entendemos que a concepção de disciplina mantém uma relação de dependência com o meio social em que está inserida, pois, é de acordo com os princípios e valores pré-estabelecidos pelos grupos que o constituem é que se definem e determinam as regras.
Um dos significados da palavra – disciplina – engloba a relação de submissão de quem é ensinado, para com aquele que ensina, ou seja, significa obediência à autoridade. Segundo
Garcia (2006, p. 70) a palavra disciplina tem sua origem no latim disciplina, que significa aquilo que se imparte a um discípulo. Sua etimologia é a mesma da palavra discípulo, que pode ser interpretada como um indivíduo que se apropria de algo que lhe está sendo mostrado ou indicado, ou ainda, aquele que segue. Assim, discípulo é aquele que aprende.

Johann Heinrich Pestalozzi
(12/01/1746 – Zurique, Suíça – 17/02/1827 – Brugg, Suíça)

1. Contexto político e econômico:
Pestalozzi viveu em uma época bastante conturbada marcada por grandes guerras, como a Revolução Industrial e a Revolução Francesa.
Conhecido como o período da “Era das Revoluções” de acordo com Arce, que afirma ser:
“Este período foi marcado por muitas transformações da humanidade, muitas revoluções, e foi nele que (...) Pestalozzi” (ARCE, 2002, p.22). cresceu e produziu.
Frases de Johann Heinrich Pestalozzi:

"As faculdades do homem têm de ser

Relacionados

  • filosofos
    4361 palavras | 18 páginas
  • Filosofos
    5423 palavras | 22 páginas
  • filosofos
    952 palavras | 4 páginas
  • O que um filosofo
    418 palavras | 2 páginas
  • filósofos
    2136 palavras | 9 páginas
  • filosofos
    633 palavras | 3 páginas
  • filosofo
    404 palavras | 2 páginas
  • Filosofos
    2040 palavras | 9 páginas
  • Filosofos
    2899 palavras | 12 páginas
  • filosofos
    1513 palavras | 7 páginas