Filosofia

Páginas: 9 (2112 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Filosofia 11ºano
Argumentação, verdade e ser
A realidade diz-se de diferentes maneiras e apresenta-se em contextos diferentes, com significados diferentes. Com isto, encontramos diferentes discursos sobre a realidade (artístico, filosófico, político, religioso, científico, etc.). A cada um deles corresponde uma interpretação do ser ou da realidade que pretende ser verdadeira. Mas os discursossão sempre contextualizados e os contextos não só são diversos como se alteram ao longo dos tempos.
As teorias e leis científicas são consideradas como bons modelos explicativos (mas provisórios) do real. A verdade adquire, nos nossos dias, um estatuto diferentes; como diz Edgar Morin, ela é biodegradável.
As teorias filosóficas estiveram, dependentes das suas perguntas e respostas tradicionais.A verdade- única, absoluta e universal, capaz de dizer uma realidade absoluta, perfeita e imutável.
Foi assim que nasceram as oposições filosofia/retórica, verdade/opinião.
A lógica formal junta-se uma lógica do preferível, uma lógica que fundamenta as nossas escolhas. A razão não é mais entendida como a faculdade humana detentora (a priori) de conhecimento verdadeiros e unívocos, mas comofaculdade humana portadora (a posteriori) de conhecimentos plurívocos e mais próxima da possível verdade. Assim, uma nova conceção da racionalidade- uma racionalidade argumentativa.
Apesar de existirem diferenças entre os seres humanos, a afirmação de um auditório universal, surge como garantia da possibilidade de estabelecer consensos.
O discurso é sempre plural. A razão, comum a todos os homens,não pode ser descontextualizada. Esta nova razão argumentativa, universalidade do discurso com vista ao entendimento.
Afirmação de uma (ou várias) verdade (s) possível (eis) a uma atitude critica, de abertura e questionamento face ao real. Para a filosofia contemporânea, a busca da verdade não é mais incompatível com a retórica; pelo contrário, há quem afirme poder encontrar nesta o método dafilosofia.
O racionalismo Cartesiano
1.Caracterizar o projeto Cartesiano:
A razão é origem do conhecimento então as proposições da matemática assumem um carácter evidente. A sua origem é totalmente racional. Ao seguir um método inspirado na matemática para a conquista da verdade.
As 4 regras do método são por as regras da evidência, da análise, da síntese e da enumeração, permitirão guiar arazão, orientando devidamente:
- Intuição: é um ato de apreensão direta e imediata de noções simples, evidentes e indubitáveis;
- Dedução: refere-se ao encadeamento das intuições envolvendo um movimento do pensamento, desde os princípios evidentes até às consequências necessárias;
2.Analisar as críticas de Descartes ao sabor da sua época:
Descartes foi um filósofo racionalista, uma vez queconsidera a razão a fonte principal do conhecimento, caracterizado por ser logicamente necessário e universalmente válido. Assim, atribuindo um grande valor à razão. Ele procurou os fundamentos metafísicos do conhecimento.

3. Analisar o papel da dúvida:
Instrumento da luz natural ou razão, a dúvida é posta ao serviço da verdade. É necessário colocar tudo em causa, no processo de busca dos princípiosfundamentais e indubitáveis.
Trata-se de uma dúvida:
- Metódica e provisória: é um meio para atingir a certeza, não constituindo um fim em si mesma.
- Hiperbólica: rejeitará como se fosse falso tudo aquilo em que se note a mínima suspeita de incerteza.
- Universal e radical: índice não é só sobre o conhecimento em geral, como também sobre os seus fundamentos, as suas raízes.
A dúvida éum exercício voluntário, permitindo que nos libertemos de preconceitos e opiniões erróneas, a fim de ser possível reconstruir, com fundamentos sólidos, o edifício do saber.
4. Caracterizar o Cogito:
A dúvida acabará por nos conduzir a uma verdade incontestável: a afirmação da minha existência, enquanto sou um ser que pensa e que duvida.
Penso, logo existo, trata-se de uma afirmação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • filosofia
  • filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia
  • Filosofia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!