Filosofia Medieval Santo Agostinho

Páginas: 6 (1437 palavras) Publicado: 11 de junho de 2015
Filosofia Medieval

PATRÍSTICA:
SANTO AGOSTINHO DE HIPONA
(354 – 430)

A Vida de Santo Agostinho
Africano, Nasceu em 354 onde hoje é a Argélia, na época domínio romano
Chegou a adotar o maniqueísmo (Bem X MAL), mas se converteu pela
influência da mãe Santa Mônica
«Andemos honestamente como de dia, não em orgias e bebedices, não
em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; masrevestivos do Senhor Jesus Cristo, e não vos preocupeis com a carne para não
excitardes as suas cobiças.» (Romanos 13:13-14)
Trecho da Bíblia que teria sido essencial para sua conversão
Cristianiza Platão – “Chegaram até as portas do céu, mas não adentraram,
atolaram-se no seu próprio orgulho racional”
Torna-se sacerdote aos 37 anos.
Segundo Daniel Rops escreveu 93 obras, divididas em 232 livros.Faleceu em 430 – Contexto: crise brutal de Roma, saque dos vândalos

Contexto Histórico
Idade Media
(476 – 1453)
Dois Preconceitos
Visão Renascentista – Iluminista
e
Visão Romântica

A Idade Média é o período mais violento da
história?
Na Idade Media surgem e ocorrem



As grandes religiões islâmica e ortodoxa



As línguas modernas



As primeiras universidades, hospitais e bancos



As Notasmusicais, instrumentos como o alaúde e o órgão e o canto
polifônico



Muitos avanços nas áreas da física, ótica, astronomia, alquimia, medicina,
astronomia, agricultura e filosofia



A própria ideia de Europa, com sua unidade e diversidade

Os pensadores cristãos utilizaram muitos elementos da filosofia Greco-Romana,
especialmente de Platão, Aristóteles e dos estoicos para formularem a teologiacristã.
Foram os mosteiros quem conservaram as grandes bibliotecas.
Por isto é impossível pensar em sociedade ocidental sem pensar na Igreja Católica

O Problema central da filosofia
medieval

Fé X Razão
Outros problemas:
Como usar a filosofia greco-romana sendo um
cristão?
Como pensar o bem e o mal?

Fé X Razão
A principal temática do pensamento do homem medieval se
voltava à questão da razão eda fé, de como relacioná-las. É
preciso crer para compreender ou é preciso
necessariamente primeiro compreender, para somente
depois crer?  É preciso ter fé para compreender, ou se o
contrário, se é necessário entender para a partir de então,
passar a crer.
Agostinho tentou explicar de forma racional a fé. Em seu
pensamento, é preciso primeiro crer, para depois entender.
Deus é o criador de tudoe somente ele cria e governa tudo,
todos os seres, todas as coisas. Tudo tem sua essência
divina por causa de sua criação.

Fé X Razão
Deus, o criador do universo, é imensamente perfeito e absoluto, não
se encontra no espaço e no tempo, está acima de tudo isso. Se Deus
fizesse parte do tempo, não seria Deus. Só os seres fazem parte do
espaço e do tempo. Deus é infinito e bom.
Somente Deus dá agraça reveladora da fé ao homem, e este, por
sua vez, conhece Deus por meio do verbo (divino). O espírito santo
se revela por meio da fé, e então, o homem passa a compreender o
mundo.
Deus não é somente um conceito, porque se o fosse, seria
imperfeito. O conceito se reduz à fala, à linguagem. Deus é além da
fala e sua essência está em tudo. A causa de tudo é criada por uma
essência divina que éinfinita.
É preciso exercer a fé, o exercício da fé leva à compreensão, a razão.

O Pensamento de Santo
Agostinho
Ideia 1
A anterioridade do amor.
Por essência, o divino é anterior ao homem,  daí decorre,
logicamente, que nenhum raciocínio e nenhuma atitude pode
colocar o interesse humano à frente do interesse divino. Esta
ordem, pela essência de sua natureza, não deve jamais ser
violada, Não posso,portanto, nem ver, nem querer, nem
buscar minha felicidade antes da honra de Deus. Cabe a Ele o
direito inalienável de precedência."O discípulo não pode ser
maior que o Mestre, nem o escravo acima de seu senhor"- (Mt
10,24).

Ideia 2
Por que o cristão é mais livre que o pagão?
O Cristão é mais livre que o pagão, pois o pagão vê por
liberdade fazer o que bem quiser enquanto o cristão vê por...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho de Filosofia Medieval: Santo Agostinho
  • Filosofia Medieval
  • O Mal na filosofia de Santo Agostinho.
  • AULA DE FILOSOFIA MEDIEVAL I AULA 10 SANTO AGOSTINHO OFICIAL
  • A Filosofia De Santo Agostinho
  • filosofia de santo agostinho
  • Santo agostinho e a filosofia
  • Filosofia de santo agostinho

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!