filosofia individual

Páginas: 23 (5505 palavras) Publicado: 19 de outubro de 2014
INDIVIDUALISMO E SOCIEDADE
Cesar Romero Amaral Vieira
Doutor em Ciências da Religião - UMESP
Doutorando em Educação – UNIMEP
RESUMO
Propomos discutir a emergência do individualismo nas sociedades modernas, a partir dos clássicos da
sociologia como Durkheim e Weber. Desde a abordagem organicista que atribui a emergência do
individualismo a conseqüência da complexidade crescente da divisãodo trabalho social, até a
abordagem compreensiva que vê o individualismo como um processo de racionalização irreversível
inaugurado pelo protestantismo. O motivo de trabalharmos com estes ícones da sociologia se deve ao
fato deles partirem do pressuposto de que a religião se constitui num prisma fundamental para se
compreender a emergência das sociedades modernas e suas principaisconseqüências. Apoiaremos
nossos argumentos nos estudos realizados por Norbert Elias em A sociedade dos indivíduos (1994)
para fazermos algumas considerações metodológicas. Elias visualiza duas grandes vertentes de
pensamento, consideradas antagônicas entre si, que têm predominado nas pesquisas sociológicas sobre
a situação do indivíduo em relação à sociedade, notando que tanto em uma quanto em outra existemequívocos que condicionam e determinam os resultados últimos da pesquisa, pois tendem a ver a
sociedade e os indivíduos a partir de análises mecanicistas ou através de modelos extraídos das
ciências naturais, principalmente da biologia. Para Elias é na tensão estabelecida entre os indivíduos e
a sociedade que devemos procurar as bases dessa relação. Assim, consideramos importante termos
comofio condutor suas considerações a respeito dessas correntes de pensamento e destacar o seu
posicionamento em relação a este tema, por considerarmos um pensador importante e atual para esta
análise.
PALAVRAS-CHAVES - INDIVIDUALISMO, SOCIEDADE, PERSONALIDADE, PROTESTANTISMO

INDIVIDUALIZAÇÃO E SOCIEDADE
Cesar Romero Amaral Vieira
Doutor em Ciências da Religião - UMESP
Doutorando em Educação– UNIMEP
Introdução
A polarização que se estabelece entre a natureza da pessoa singular, que chamamos de
indivíduo, e a da pluralidade de pessoas, que chamamos de sociedade, tem levado as ciências sociais a
estabelecerem parâmetros muitas vezes contraditórios que, por sua vez, têm alargado o extenso
abismo, quando tratamos de questões relativas a interdependência entre elas. Algumas dasdificuldades
a serem enfrentadas residem tanto na complexa concordância do nascedouro do processo de
individualização - a velha charada “do ovo e da galinha” -, quanto na compreensão metodológica da
importância do conceito para a atual análise da sociedade. Esta é uma questão recorrente nas ciência
humanas, porém, de maneira nenhuma superada. Se buscarmos, nos dicionários especializados, aconceituação dos termos "indivíduo" e "individualidade", descobrimos que se originaram da palavra
latina individuus, o qual significa não-dividido ou indivisível. Ao que tudo parece, foram utilizados
pela primeira vez na linguagem escrita, por volta do século XVII, para caracterizar o ser humano
isolado, muito embora as raízes desta idéia possam ser encontradas anteriormente em nossa tradiçãojudaico-cristã. O substantivo "indivíduo" é sinônimo de pessoa ou ser humano singular; já o adjetivo
"individual" refere-se mais a uma qualidade particular do comportamento de uma pessoa.

2

O individualismo, tal qual se compreende em nossos dias, é uma conceituação teórica
bastante recente. Data do início do século XIX, na França pós-revolucionária, significando a
dissolução dos laços sociais,o abandono de obrigações e compromissos sociais pelo indivíduo. Desde
então, tem sido utilizado para designar diferentes características pessoais ou sociais das sociedades
modernas, seguindo as especificidades e ideologias contextuais.
Sendo um termo de difícil conceituação, abrange várias idéias, doutrinas e atitudes, cujo fator
comum é a atribuição de centralidade no “indivíduo”. Na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho Individual I
  • TRABALHO INDIVIDUAL DE FILOSOFIA 4° BIMESTRE ANO LETIVO 2014
  • individual
  • Individual
  • individual
  • Individual
  • individuais
  • Individual

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!