Filosofia da educação*resenha cap 13

Páginas: 6 (1424 palavras) Publicado: 5 de junho de 2013
CONCEPÇÕES LIBERAIS DO SÉCULO XX
[...] À medida que a sociedade se industrializava, tornando mais complexa vida urbana, q educação exigia reformas radicais que se expressam em diversas teorias pedagógicas e inúmeras experiências escolares efetivas. P 223

1. O LEGADO DA ESCOLA TRADICIONAL
[...] Desde o século XVI até o século XX, período em que a escola tradicional sofreu inúmeras críticas etransformações. Por conta da sua avaliação negativa, sobretudo pelas pedagogias inovadoras de século XX, é vista com desprezo na sua totalidade e muitas vezes da maneira caricaturada. [...] P 224
Quanto à relação entre professor e aluno, a educação tradicional é magistrocêntrica, ou seja, é centrada no professor e na transmissão dos conhecimentos. O mestre detém o saber e autoridade, guia umprocesso de aprendizagem e ainda é um modelo a ser seguido. [...] P 224
Quanto à metodologia, valoriza-se a aula expositiva, centrada no professor, com destaque para exercícios de fixação, como leituras repetidas e cópias. [...] P224
O conteúdo selecionado visa à aquisição de noções, com ênfase no esforço intelectual de assimilação dos conhecimentos. [...] A valorização do passado é inevitável,assim como o destaque ao estudo das “obras-primas”. [...] P 224
A avaliação enfatiza os aspectos cognitivos (de aquisição de conhecimentos transmitidos), superestimando a memória e a capacidade de “restituir” o que foi assimilado. [...] P 224
Do ponto de vista epistemológico, a escola tradicional privilegia a posição empirista, que dá ênfase à assimilação, por parte do aluno, do conhecimento que lheé externo, que deve ser adquirido por meio de transmissão, sem exigência de elaborações pessoais. [...] P 224, 225

2. ESCOLA NOVA
O indivíduo contemporâneo devia se preparar para uma sociedade dinâmica, em constante mutação e, para tanto, precisava aprender a prender, indo além da fixação de conteúdos predeterminados. [...] P 225
O movimento educacional conhecido como Escola Nova no final doséculo XIX juntamente pra propor novos caminhos à educação, em descompasso com o mundo no qual se achava inserida. [...] P 225

Características gerais da Escola Nova
Relação professor - aluno
O aluno é o centro do processo [...] O professor é apenas um facilitado da aprendizagem.
Conteúdo:
O professor não transmite noções gerais, pois a abstração deve resultar da experiência do próprioaluno. O conteúdo precisa ser compreendido, não decorado. [...] P 225
Metodologia
[...] A Escola Nova tem por princípio o “aprender fazendo”. O objeto da educação é a pessoa integral, constituída não só de razão, mas de sentimentos, emoções e ação. [...] P 226
Avaliação
A avaliação é compreendida como um processo válido para o próprio aluno, não para o professor. [...] P 226
Disciplina
[...] Oafrouxamento das normas rígidas tem por objetivo educar a responsabilidade e a capacidade de crítica a fim de alcançar a disciplina voluntária. [...] P 226

ESCOLA NOVA E PRAGMATISMO
[...] A crescente industrialização da sociedade, com suas rápidas transformações, requeria a ampliação da rede escolar. bem corno uma escola que preparasse para o novo; além do mais, as esperanças de superação dasdesigualdades sociais encontravam na adequada escolarização uma promessa de mobilidade social. P 226
O pragmatismo recusa os sistemas fechados, com pretensões ao absoluto, voltando-se para os fatos, para a ação. As teorias deixam de ser respostas definitivas aos problemas humanos, para se tornarem simples instrumentos, ou seja, a verdade não é rigidamente estabelecida de uma só vez e para sempre,mas muda, está sempre “se fazendo”. [...] P 227

O escolativismo no Brasil
No Brasil, o movimento da Escola Nova só começou na década de 1920, com diversas reformas esparsas do ensino público. Suas ideias expressaram-se de maneira clara, em 1932, no Manifesto dos pioneiros da educação nova, cujos principais signatários foram Fernando de Azevedo, Anísio Teixeira e Lourenço Filho. Esse...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cap tulo 13 Resenha
  • Resenha o leviata cap 13 a 16
  • Resenha educação física e filosofia
  • Resenha filosofia da educação
  • Resenha Filosofia da Educação
  • Resenha Celso Furtado caps. 13 a 15
  • Cap 13
  • Resenha

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!