Filosofia - Ética

467 palavras 2 páginas
Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira – CAp/UERJ
Disciplina: Filosofia Professora: Renata Carrara
Aluna: Bárbara Sampaio Drude Turma: 3B Nº: 07
Analisando a ética filosófica com Sigmund Freud
A Ética na filosofia pressupõe a reflexão sobre princípios que fundamentam a vida moral. Moral, por sua vez, é o conjunto de regras que determinam o comportamento de indivíduos em um grupo social. Sigmund Freud, o pai da psicanálise, dividiu o aparelho psíquico em id, ego e superego. O superego seriam os valores morais, as interdições, o “não”. Esses valores culturais são formados, portanto, com o contato com a cultura, com a esfera social. Assim, pode-se fazer uma comparação com a ética, pois o superego funcionaria como a moral constituída, já que funcionam como as regras que vão guiar o comportamento de uma pessoa, ou seja, são os valores morais, o comportamento orientado por meio de normas. Do mesmo modo, o ego, parte psíquica consciente, reflexiva, que administra o conflito que se instala dentro do aparelho psíquico entre o id e o superego, pode se relacionar com a moral constituinte, já que pelos princípios da ética, o ato moral não se traduz somente no cumprimento da norma estabelecida, mas também é a livre e consciente aceitação das normas e “leis sociais” pelos indivíduos.
O ato para ser moral precisa também ser solidário, já que pressupõe solidariedade e reciprocidade com o outro. Desse compromisso, se estabelece a exigência da responsabilidade, pois a pessoa precisa assumir a autoria de seu ato, reconhecendo-o e respondendo pelas suas consequências. Essa responsabilidade , no entanto, cria um dever: o comportamento moral por ser consciente, livre e responsável, é obrigatório. Desse modo, já que o ser humano é livre, ele pode transgredir essas regras e normas, querendo alcançar seus desejos a todo custo. Então, pode-se fazer uma relação com o id de Freud, já que o id é o conteúdo instintivo e primário, que a todo momento

Relacionados

  • Filosofia e etica
    6468 palavras | 26 páginas
  • Filosofia e ética
    396 palavras | 2 páginas
  • Filosofia e Etica
    9350 palavras | 38 páginas
  • Filosofia Etica
    930 palavras | 4 páginas
  • Filosofia e Etica
    2295 palavras | 10 páginas
  • filosofia e etica
    54018 palavras | 217 páginas
  • Filosofia e ética
    854 palavras | 4 páginas
  • Ética na filosofia
    358 palavras | 2 páginas
  • filosofia etica
    22615 palavras | 91 páginas
  • filosofia e ética
    2863 palavras | 12 páginas