Fichamento

Páginas: 5 (1030 palavras) Publicado: 27 de outubro de 2014
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
MARTHA KEILA LORENZO FARIA
FICHAMENTO
Rio de Janeiro
2012
MARTHA KEILA LORENZO FARIA
FICHAMENTO
Fichamento do livro História social
da Música Popular Brasileira,
parte 3 (3.1- 3.2) apresentado ao Curso de
Licenciatura em Música na
Faculdade Federal do
Rio de Janeiro,
como exigência da disciplina Música Brasileira I
Profª FernandaCheferrinoRio de Janeiro
2012
OS POETAS ROMÂNTICOS E A CANÇÃO SERESTEIRA
O que a evolução do processo sócio-cultural brasileiro no âmbito das camadas urbanas revela, realmente, após o fim da era colonial é a busca de uma pretendida identidade nacional. Esse movimento de interesse romântico dos eruditos pelas manifestações consideradas “do povo” iria resultar no aparecimento da modinha seresteira.Esse encontro dos poetas eruditos letristas de canções de rua com os músicos populares estava destinado a marcar o advento de um novo sistema de criação: a parceria.
Essa original fusão se tornaria possível a partir de meados de Oitocentos, .aliás, graças a uma particularidade sócio-economica ligada ao novo momento de diversificação social a democratização do uso do próprio piano burguês.
Talfenômeno de democratização do piano acompanhava por sinal, passo a passo, o processo de diversificação social dos grandes centros urbanos brasileiros.
Na verdade, até bem entrado na segunda metade do século XIX, possuir um piano no Brasil constituía privilégio de poucas famílias de Pernambuco, da Bahia, do rio de Janeiro e de minas Gerais, o que conferia ao instrumento uma sonora conotação de nobreza,poder, cultura e bom nascimento.
No momento em que a riqueza da cultura do café no vale do Paraíba multiplicou os salões da corte capazes de abrigar o instrumento da moda, os anúncios de vendas de pianos tornaram-se comuns nos jornais, e o seu preço no mercado dos instrumentos usados foi caindo.
Às vésperas do segundo reinado o romantismo surgiu com um maior apelo às emoções individuais.
Orequintamento vocabular do romantismo vinha de encontro às expectativas de ascensão dos fazedores de versos saídos da área popular. Os futuros modinheiros do segundo reinado iriam adotar também os dicionários de ramas, e essa, a final iria ser a marca durante pelo menos um século da tradição da lírica da canção popular urbana no Brasil.
Dois poetas responsáveis pela criação do próprio romantismo noBrasil: Domingos Gonçalves de Magalhães e Manuel de Araújo Porto Alegre.
Na livraria de Paula Brito, verdadeiro foco do nascente romantismo na capital, reuniram-se não apenas Domingos Gonçalves de Magalhães Porto Alegre e o seu amigo Manuel de Araújo, mas o poeta Gonçalves Dias e o futuro romancista Joaquim Manuel de Macedo, e o próprio dono da casa, Paula Brito.
Terá sido aí que nasceu aparceria entre o poeta com o músico português Rafael Coelho Machado.
Mesmo tantas composições levando os nomes de Rafael Coelho e Gonçalves de Magalhães, a verdade é que, dos encontros dos poetas e escritores na roda da loja de Paula Brito, e músicos, surgiram varias composições inegavelmente produzidas em nível de parceria no sentido moderno.
Além de Gonçalves de Magalhaes, de Joaquim Manuel deMacedo e de Paula Brito, é quase certo afirmar que também Manuel de Araújo Porto Alegre escreveu versos especialmente para lundus.
Paula Brito tinha tudo para assumir o papel de mediador entre a cultura popular urbana e a de elite naqueles anos de transição para o II Império.
Naturalmente inclinado à crítica da sociedade branca sua condição de mestiço de negro posto sempre em posição socialdesfavorável, Paula Brito aproveita com espirito decidido todas as contradições da época, e transforma-se numa figura de múltiplas atividades: comerciante, tipógrafo impressor, dono de jornais, jornalista, poeta , tradutor, escritor, e , finalmente letrista da música popular.
Laurindo Rabelo foi um poeta levado à produção de música popular quase por um imperativo de sua condição social. O poeta...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fichamento
  • fichamento
  • fichamento
  • Fichamento
  • Fichamento
  • Fichamento
  • Fichamento
  • Fichamento

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!