Fichamento: LEITE, Ligia Chiappini Morais. A tipologia de Norman Friedman. In: O foco narrativo. São Paulo: Ática, 2002. P.26 – 75.

Páginas: 3 (707 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
LEITE, Ligia Chiappini Morais. A tipologia de Norman Friedman. In: O foco narrativo. São Paulo: Ática, 2002. P.26 – 75.
FICHAMENTO
1. Autor onisciente intruso.
“Esse tipo de NARRADOR tem aliberdade de narrar à vontade, de colocar-se acima, ou, como quer J. Pouillon, por trás, adotando um PONTO DE VISTA divino que [vai além] dos limites de tempo e espaço. Como canais de informação, predominamsuas próprias palavras, pensamentos e percepções. Seu traço característico ainda é a intrusão, ou seja, seus comentários sobre a vida, os costumes, os caracteres, a moral, que podem ou não estarentrosados com a história narrada.” (p.26/27)
2. Narrador onisciente neutro.
“[O narrador fala] em 3ª pessoa; a caracterização das personagens é feita [por ele] que as descreve e explica para o leitor.As características referentes às [demais] questões (ângulo, distância, canais) são as mesmas do AUTOR ONISCIENTE INTRUSO. [Este tipo de narrador distingue-se do autor onisciente intruso] apenas pelaausência de intrusões e comentários gerais ou mesmo sobre o comportamento das personagens.” (p.32)
3. “Eu” como testemunha.
“[É narrado em 1ª pessoa], mas é um "eu" [internalizado] à narrativa, quevive os acontecimentos aí descritos como personagem secundária. [Seu] ângulo de visão é, necessariamente, mais limitado, ele narra da periferia dos acontecimentos [e] não consegue saber o que se passana cabeça dos outros, apenas pode inferir, lançar hipóteses. O leitor é colocado [a uma distância que pode ser próxima ou remota, ou ambas, porque esse narrador tanto sintetiza a narrativa, quanto aapresenta em cenas. Neste caso, sempre como ele as vê.” (p.37/38)
4. Narrador-protagonista.
“O NARRADOR, personagem central, não tem acesso ao estado mental das demais personagens. [Ele] narra de umcentro fixo, limitado quase que exclusivamente às suas percepções, pensamentos e sentimentos [podendo] servir-se [da] CENA [ou] do SUMÁRIO, [dessa forma] a DISTÂNCIA entre HISTÓRIA e leitor pode ser...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A TIPOLOGIA DE NORMAN FRIEDMAN
  • Haidt, r.c.c. curso de didática geral. são paulo: ática, 2002 ...
  • Fichamento saes, décio. “a democracia no capitalismo”, in: democracia. são paulo, ática, 1987; cap. 3, pp....
  • Haidt, r.c.c. curso de didática geral. são paulo: ática, 2002
  • Fichamento: WINNICOTT, D.W. (1987). A mãe dedicada comum. In: Os bebês e suas mães. São Paulo: Martins Fontes, 2002.
  • Fichamento ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. São Paulo: Prentice Hall, 2002.
  • Museums in são paulo
  • Fichamento do livro: BORGES, Vavy Pacheco. O que é história? São Paulo: Brasiliense, 2002.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!