Fichamento do livro de LARAIA, Roque de Barros- Cultura: um conceito antropológico.

Páginas: 5 (1042 palavras) Publicado: 16 de agosto de 2013
Fichamento do livro de LARAIA, Roque de Barros- Cultura: um conceito antropológico.

Capítulo 1

O Determinismo Biológico

1. São antigas e resistentes as ideias que rotulam as raças e os grupos humanos atribuindo-os capacidades específicas e natas. Um exemplo disso é quando dizem que os Baianos são preguiçosos e que todos os cegos são bons músicos.
2. Os antropólogos estão convencidos deque as diferenças genéticas não são definitivas das diferenças culturais Felix Keesing afirmou que não existe ligação relevante entre a distribuição dos caracteres genéticos e dos comportamentos culturais. Qualquer criança pode ser educada em qualquer cultura, basta ser colocada desde o início nas condições propícias para essa aprendizagem. Assim ocorre com as crianças que logo quando muitopequenas nascem no Brasil e vão morar em outros países e em sua maioria se adápítão facilmente a cultura local, e assim mesmo ocorre com. as que vem morar no país ao nascer ou até os quatro a seis anos de idade. Estudos mostram que até essa idade o hipocampo, parte responssável pela memória de longo praso, está ainda em desenvolvimento e se a criança estiver em um ambiente que propicie o novoaprendisado, este será bem mais fácil.
3. Nos anos 1950 enquanto o mundo se recuperava do desastre e do horror do racismo nazista, vários profissionais como, por exemplo, antropólogos, biólogos e outros se reuniram em Paris na UNESCO e redigiram uma declaração onde dizia que os dados científicos que aqueles pesquisadores dispunham naquele momento não confirmavam a teoria na qual as diferenças genéticashereditárias seriam um fator de extrema importância entre as causas das diferenças presentes nas culturas e das obras das civilizações dos diversos povos ou grupos étnicos, provando pelo contrário que essas diferenças estão explicadas primordialmente pela história cultural, particularidade de cada grupo e os fatores que tiveram ação importante na evolução do homem são a sua capacidade de pensare se adaptar diferenciando-o de todos os outros seres vivos. Também relataram que pelo conhecimento adquirido por eles até aquele momento não tinha sido ainda provado que os grupos humanos se diferenciam uns dos outros pelos traços psicologicamente inatos seja por inteligência ou temperamento. As pesquisas científicas revelaram que o nível de desenvolvimento mental é similar em todos os gruposque se identificam.
4. A espécie humana se diferencia através de diferenças físicas marcantes, mas é falso afirmar que as diferenças no comportamento de pessoas de sexo diferentes sejam justificadas por esse motivo. Antropologia tem demonstrado que inúmeras atividades atribuídas aos homens em algumas culturas são das mulheres em outras.
5. O sistema de divisão sexual do trabalho é determinadoculturalmente e não biologicamente e isso podemos ver quando observamos as diferentes funções desenvolvidas por ambos os sexos que se destacam e se modificam entre culturas distintas.
6. Até mesmo as limitações impostas pelo aparelho reprodutor humano podem ser superadas através de diferentes costumes presentes em culturas diferentes.
7. O comportamento dos indivíduos depende de um aprendizadoem um processo chamado de endoculturação, e assim os humanos são diferentes não por seus hormônios, mas por suas educações diferenciadas.

Capítulo 2

O Determinismo Geográfico

1. O determinismo geográfico defende que as diferenças no ambiente físico regulam a diferença cultural, e essas explicações existem desde a antiguidade e foram defendidas por Pollio, Ibn Khaldun, Bodin e outros.
2.Teorias como estas foram desenvolvidas principalmente por geógrafos no final do século XIX e no início do século XX, e tiveram muita popularidade. Podemos ver esse pensamento no livro Civilization and Climate (1915), de Huntington, onde faz uma relação entre a latitude e os centros de civilização. Ele defendia que o clima era um fator importante na dinâmica do progresso.
3. A partir de 1920,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Livro cultura: um conceito antropológico, roque de barros laraia
  • FICHAMENTO DO LIVRO “CULTURA: UM CONCEITO ANTROPOLÓGICO” DE ROQUE DE BARROS LARAIA
  • Fichamento do livro cultura: um conceito antropologico de roque de barros laraia
  • Fichamento do Livro Cultura: um conceito antropológico – Roque de Barros Laraia
  • Resenha laraia, roque de barros. cultura: um conceito antropológico.
  • Resenha cultura
  • Resenha sobre o livro: cultura – um conceito antropológico, de roque de barros laraia
  • Rsenha do livro Cultura: Um conceito antropológico (Roque de Barros Laraia)

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!