Fichamento da "mulher nos espaços público e privado

Páginas: 5 (1093 palavras) Publicado: 27 de abril de 2013
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Instituto de Educação / DTPE / Pedagogia
Alunas: Kátia, Andréa e Vaniele.
Assinaturas:

Data: 19 /03/ 2013
Fichamento número 7
Disciplina: Estudo da Família
Professora: Mônica Benevenuto
HELEIETH I. B. SAFFIOTI, Gênero e Patriarcado, Violência contra as mulheres. In: A Mulher Brasileira Nos Espaços Público e Privado, São Paulo Editora Fundação PerseuAbramo, 2004.

RESUMO
A autora incita a mulher a combater a subjugação em relação ao sexo masculino derivada de um patriarcado dominante e endossado pelo sistema capitalista e espera que as pessoas compreendam que a sociedade brasileira repousa sobre um tripé contraditório onde estão presente a primazia do gênero, o racismo, dominação e exploração de classes sociais menos privilegiadas. Estasubmissão é retratada em uma pesquisa feita pela Fundação Perseu Abramo mostrando que em todos os segmentos a mulher aparece em níveis muito inferiores aos dos homens na sociedade e a maioria não se dá conta disso, considerando normal esta posição. A violência física contra as mulheres também é citada no texto, principalmente por parte de seus parceiros e Saffioti dá algumas sugestões para suadiminuição.

FICHAMENTO
Heleieth Saffioti inicia o artigo falando de teorias feministas e de indagações que norteiam a pesquisa, como a teoria do gênero onde revela a submissão feminina ante o patriarcado, mostrando que por mais que se busque igualdade entre mulheres e homens existe um domínio, uma exploração patriarcal que está arraigada em nossa sociedade. (pág.43)
A mulher tem obrigação de liderar oprocesso de mudança onde é dominada. Isto só acontecerá se reconhecer que é dominada e que isso faz parte do sistema capitalista.
Nesta perspectiva foi exposto o trabalho da Fundação Perseu Abramo realizado por seus pesquisadores que entrevistaram entre 25% e 30% das mulheres. Trabalharam com as cinco macrorregiões do Brasil e a mesorregião, dentro desta amostragem, realizaram 2052 entrevistas,utilizando recursos como mapeamento, questionários em mulheres espalhadas nos 187 municípios, compreendido nos 24 estados brasileiros. (pág.44)
Segundo Saffioti, 57% das mulheres ainda que inconscientemente vive uma relação submissa considerando a proximidade familiar. Constatou-se que estas mulheres tinham um baixo grau de escolaridade e, que apenas 53% delas estão inseridas no mercado de trabalho. Amaioria não consegue visualizar as várias violências em que estão submetidas diariamente como a doméstica, a de gênero e a intrafamiliar. Mesmo podendo contar com as Delegacias de Defesa da Mulher poucas se utilizam desse serviço. É evidente o tratamento diferencial entre trabalhadores e trabalhadoras e suas remunerações. (pág.45/46)
Acredita-se que as mulheres sofrem com a baixa autoestima,geralmente aquelas que são casadas com homens que possuem um elevado poder econômico. Este talvez seja um dos motivos que levam as mulheres a suportar e manter seu relacionamento. (pág.47)
A pesquisadora Heleieth compara a situação social da mulher com o jugo do colonizador, isso explica a existência de um problema nas relações sociais entre homens e mulheres. (pág.48) Diante da sociedade o gêneromasculino desfruta de liberdade e autonomia enquanto o gênero feminino necessita de autorização para realizar seus anseios. Somente a igualdade social faria justificar um regime democrático. (pág.49)
Os dominantes com suas próprias ideologias: de gênero, raça/ etnia, classe social, fazem uso delas para exercerem seu poder e transformar em alienação com os dominados, como se fosse natural estarealidade. Tal fato é registrado quando as mulheres se vêm como incapazes, culpadas, revertendo o responsável na indignação “O que será que eu fiz para ele me bater?” ou quando fogem à opressão e se libertam, sentem-se vítimas. Na verdade, sem preconceitos, não há vítimas.
A autora cita “opressão”, palavra muito utilizada na obra de Marx Weber, sempre ligada aos trabalhadores, mas nunca em relação às...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • espaço publico e espaço privado
  • espaço publico e espaço privado
  • Espaço público x espaço privado
  • Relação entre Espaço Público e o Espaço Privado
  • O Acesso Público ao Espaço Privado
  • Representação da mulher no espaço público
  • Fichamento: O Público e o Privado na Gestão Pública
  • Resenha do texto: A Mulher Brasileira Nos Espaços Públicos e Privados: “Ser Mulher No Século XXI Ou Carta de...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!