Fichamento - antropólogos e antropologia - adam kupper

Páginas: 5 (1093 palavras) Publicado: 15 de abril de 2013
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

CENTRO DE HUMANIDADES

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS







JACI OLIVEIRA MARQUES












FICHAMENTO - ADAM KUPER; ANTROPÓLOGOS E ANTROPOLOGIA




DISCIPLINA - ANTROPOLOGIA II
PROFESSOR - MARCELO NATIVIDADE













28 de novembro de 2012











Fichamento


KUPER, Adam.
“ I. Malinowski” In:Antropólogos e antropologia; Rio de Janeiro. F. Alves, 1978. pg 11 - 48


No início do capitulo

1. “Malinowski é um forte pretendente ao título de fundador da disciplina de Antropologia Social na Grã-Bretanha, pois estabeleceu o seu modo distinto de aprendizado: intenso trabalho de campo numa comunidade exótica.” (KUPER,1978 p. 11).

Malinowski inova o método de pesquisa antropológico,superando o método comparativo, da antropóloga de gabinete, dos antropólogos evolucionistas, se diferenciando também de boas, que muito utilizava da história como método de pesquisa, proclamando-se criador de uma disciplina inteiramente nova.


2.  “O objeto de estudo da antropologia foi definido com razoável clareza no início do séculos XX ... Sua essência era o estudo do homem “primitivo” ou“selvagem”, ou “primevo” e por voltado do último quartel do século XIX o estudo da “cultura” - no sentido que lhe foi dado por Tylor, abrangendo a organização social - já se distinguia claramente do estudo biológico do homem.” ( Idem, Ibidem, p. 12)

Nesse sentido, é fácil evidenciar como objeto de estudo da antropologia as culturas ditas “primitivas”; no entanto, cada forma de abordagem do mesmoobjeto de estudo, esta ligado a uma tendência teórica determinada.


3. “Mas se quiséssemos caracterizar o estado de espírito da antropologia britânica nas primeiras décadas do século atual teríamos que sublinhas a preocupação dominante com a acumulação de dados. A meta final talvez fosse ainda a reconstrução da história da cultura, ou da generalização evolucionista, mas esses interesses eramobscurecidos, de algum modo por um forte ressurgimento do empirismo britânico. Havia um sentimentos de que os fatos, que estavam ficando cada vez mais acessíveis, tornavam um tanto absurdos os ágeis esquemas evolucionistas e difusionistas. Além disso, esses “fatos” poderiam em breve desaparecer com a extinção de todos os “primitivos”.” ( Idem, Ibidem, p. 16)
As teorias evolucionistas edifusionistas ainda estavam em disputa, no entanto, na medida que a exigência da necessidade do trabalho de campo crescia esses dois perdem espaço, e surge a necessidade de uma nova teoria. A ideia de que os “fatos” poderiam sumir junto com alguns povos, deu também aos antropólogos um novo paradigma: ou adaptar-se às outras ciências humanas ou adaptar-se às novas formas de pesquisa antropológica.


4.“Como foi o primeiro antropólogo social britânico profissionalmente treinado a executar pesquisas intensivas dessa espécie, talvez seja impossível encontrar respostas para uma interrogação que se impõe por si mesma: será que o trabalho de campo desse tipo exige inevitávelmente uma perspectiva funcionalista, sincrônica? ” (Idem, Ibidem p. 18)

5. “ (...) O enfoque funcionalista não era visto como algoque desalojaria as preocupações evolucionistas e difusionistas; mas, outrossim, algo que deveria ser-lhes adicionado.” (Idem, Ibidem p. 19)


6. “ Em sua pesquisa, Malinowski estabeleceu o ponto de vista de que existiam três espécies gerais de dados, cada uma das quais exigia técnicas específicas de coleta e registro. Em primeiro lugar, havia a descrição geral de instituições, de costumes, queele estudou, mediante o que denominou “ o método de documentação estatística por provas concretas.” ” ( Idem, Ibidem p. 27)
- Como no início do livro “ Os Argonautas do Pacífico Ocidental” o autor já estabelece seus princípios metodológicos, deixando claro sua enorme preocupação com a clareza de seu método.


7. “ (...) Os costumes combinam-se num todo coeso em torno de atividades; mas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fichamento
  • Fichamento do Livro Antropologia para quem não vai ser antropólogo
  • Fichamento e a critica do O TRABALHO DO ANTROPOLOGO
  • Fichamento: Como escreve o antropólogo.
  • antropologia para quem não quer ser antropologo
  • Antropologia para quem não quer ser antropólogo
  • Antropologia para quem não vai ser antropólogo
  • Antropologia e ética em Adam Smith

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!