Fenomenologia da religião

Páginas: 11 (2723 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2012
Introdução
Neste presente trabalho discorremos sobre as abordagens do autor, Severino Croatto que apresenta o estudo da fenomenologia da religião em sua relação com as ciências da religião percebendo o objeto da fenomenologia através da aproximação com outras ciências começando pela História das religiões, base para todas as vertentes, no seu aspecto descritivo e analítico, passando pelasociologia, psicologia, filosofia e teologia das religiões, até chegar à fenomenologia da religião que se ocupa do entendimento e estudo do conjunto dos fatos religiosos das experiências religiosas do ser humano, em seu contexto vital, enquanto manifestações da cultura humana. O Estudo do sagrado/divino/profano e da tipologia das religiões.
















A Fenomenologia da Religião -Capitulo 1

O fato religioso pode ser abordado por todas as ciências humanas ou ciências sociais, cada uma a partir do que lhe é próprio.
1. A história das religiões.
Esta ciência é básica para todas as outras vertentes da ciência das religiões. A razão é necessária para interpretar um fato religioso, precisamos também conhecê-lo.
A história das religiões é descrita quando mostra fatosreligiosos concretos, que foram deixados ou transmitidos pelo ser humano são alguns deles: os monumentos, os ritos, as obras de arte, os textos e seus conteúdos e tudo mais que apareça como expressão religiosa.
Pode-se estabelecer uma tipologia das religiões, por exemplo: religiões étnicas ou fundadas, politeístas ou monoteístas.
O objetivo material da historia das religiões é o conjunto dos fatosreligiosos em si mesmos ou comparados enquanto manifestações da cultura humana.
2. A sociologia da religião.
Essa ciência veio com Emile Durkheim (francês, 1858-1917). Ele afirmava que, a religião é uma forma fundamental de coesão social.
Sociologia da religião é a suposição de que os fenômenos religiosos falam da realidade social e, simultaneamente, que a tradição geradora de mitos e ritos écoletiva. O fenômeno religioso é essencialmente comunitário e, portanto, repercute na sociedade como tal.
À sua maneira, as crenças religiosas cristalizam-se em grupos, comunidades (igrejas, irmandades, ordens, seitas, etc.) com impacto social inevitável.
3. A psicologia da religião.
Assim como os fatos religiosos são o espelho de uma determinada sociedade (sociologia da religião), da mesmamaneira podem ser o espelho da psique humana. Isso parece um circulo vicioso, já que a religião é uma vivência pessoal, sem o ser humano não há experiência religiosa.
A psicologia da religião parte do pressuposto de que o sentimento religioso é uma elaboração do Eros básico do ser humano. Existem dois lados da psicologia da religião, a primeira foi marcada por Freud (1856 - 1939) e seus seguidores.Eles viam a experiência religiosa como um produto (negativo) de conflitos ancestrais. A origem da religião não seria mais do que uma ilusão, similar ao sono, ao delírio, á neurose obsessiva. Para eles Deus ocuparia um lugar imaginário.
O outro lado é aquele expresso por Carl Gustav Jung ( 1875-1961) era psicólogo suíço que seguiu a linha freudiana ate 1913. Seu estudo pelo fenômeno religioso épositivo.
Um dos seus pressupostos é o "inconsciente coletivo", uma espécie de memória ancestral de seqüência das vigências da primeira humanidade. Para ele os mitos como os sonhos, têm um papel estabilizador na construção da personalidade.
4. A filosofia da religião.
A filosofia sempre interessou -se pelo fenômeno religioso, como uma aproximação positiva ou negativa.
A filosofia da religiãopreocupa-se com o absoluto, não com "encontro" com ele, nem enquanto Deus, mas como o ser e o fundamento de toda realidade.
Deus --> Teodicéia
Mundo --> Cosmovisão
Ser humano --> Antropologia
Estes não são considerados ponto de vista da experiência religiosa (fenomenologia) nem do ponto de vista da fé (teologia) e sim vistos como racionalidade analítica.
A filosofia da religião fala de Deus e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fenomenologia da Religião
  • A fenomenologia da religião
  • Fenomenologia
  • Fenomenologia
  • Fenomenologia
  • Fenomenologia
  • Fenomenologia
  • FENOMENOLOGIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!