Felicidade em aristóteles

Páginas: 11 (2554 palavras) Publicado: 29 de setembro de 2012
UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - UNIJUÍ

DEPARTAMENTO: DCJS – DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS.
CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO.

A FELICIDADE EM ARISTÓTELES

Ijuí - RS
2012 / 1º semestre

A FELICIDADE EM ARISTÓTELES

Artigo apresentado ao Curso de Graduação em Direito da Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul- Unijuí, comorequisito parcial da avaliação referente ao 1º semestre de 2012, na disciplina de Filosofia.

Ijuí - RS
2012 / 1º semestre

INTRODUÇÃO
O trabalho a seguir terá como tema central o conceito de felicidade de Aristóteles com base na leitura e no estudo da obra “Ética a Nicômacos”, livro X. Tendo em vista a resolução de alguns problemas tais como: O que é a felicidade Segundo Aristóteles? Como afelicidade é atingida? Ela é contínua ou passageira? O que uma vida virtuosa exige? De que necessita o homem feliz?
Para melhores resultados procederemos a pesquisar bibliograficamente, refletindo, estudando, discutindo sobre conceitos e questões a partir de textos, livros e artigos. Após a pesquisa detalhada conseguimos resolver as questões propostas e chegamos à conclusão de que paraAristóteles a felicidade é o exercício da racionalidade, e é o bem maior almejado pelo homem. A felicidade é uma atividade, pois não esta acessível àqueles que passam sua vida adormecidos. Nada falta a felicidade, ela é completamente autossuficiente. A felicidade é atingida quando o homem se liberta dos males terrestres. Ela não pode ser contínua, por isso é preciso ser virtuoso e respeitar os valoresmorais. Uma vida virtuosa (feliz) exige esforço e não consiste em divertimento. Portanto, a recreação não traz a felicidade, e sim a boa atividade na virtude torna-se felicidade. O homem feliz não necessita de muitas ou de grandes coisas, necessita de prosperidade exterior, precisa contemplar sua natureza, mantendo o seu corpo saudável, por exemplo.
Os objetivos de nosso projeto de pesquisa sedividem em geral e específicos. O objetivo geral é pesquisar o conceito de felicidade. E os específicos são analisar o conceito de felicidade de Aristóteles em “Ética a Nicômacos” e refletir o significado de felicidade como “bem maior almejado pelo homem”.
Decidimos desenvolver essa pesquisa, pois todas as pessoas buscam o que lhe é agradável e evitam o que traz sofrimento, portanto todos estão embusca de uma vida tranquila e feliz. É justamente essa felicidade que iremos pesquisar e refletir. E também por que a felicidade é um assunto muito relativo, cada pessoa costuma dar o seu próprio conceito, mas nunca paramos para analisar a perspectiva científica dessa palavra de uso tão comum no dia a dia. Por isso buscamos, através da análise da obra de um importante filósofo da história dahumanidade, achar um conceito mais preciso de felicidade, que contribua para esclarecimentos a respeito desse assunto, principalmente no meio acadêmico.
DESENVOLVIMENTO
A maioria das pessoas busca o que lhes é agradável, uma vida tranquila, ou seja, todas querem alcançar o bem maior. Toda ação humana é realizada em vista de um fim. Se, pois, as ações tendem a um fim e este, por sua vez, deve ser um bemsoberano, então, o fim último das ações é o bem. Todos os bens são meios para atingir o bem maior que é a felicidade, a qual se justifica a boa ação humana. O filósofo Aristóteles redigiu muito a respeito disso, e afirma que “de fato, por assim dizer, cada coisa que desejamos é objeto de nosso desejo com vistas a algo mais – exceto a felicidade, o objeto final da vida.” (Aristóteles, 2001, p.201).
Aristóteles foi quem sistematizou a questão da felicidade na antiguidade. Esse tema, que parece tão atual, para os gregos era a principal questão ética de seu tempo, sendo considerado um tema sério que necessitava de muita análise e estudo, não podendo ser “solucionado” de qualquer forma. O raciocínio de Aristóteles foi o seguinte: todas as coisas buscam o seu fim (“télos”), que é sinônimo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A felicidade
  • ARISTOTELES
  • Aristóteles e a felicidade.
  • A felicidade em aristóteles
  • A FELICIDADE PARA ARISTOTELES
  • felicidade para Aristóteles
  • Felicidade para Aristóteles
  • felicidade em aristoteles

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!