Fatores linguísticos de textualidade: coerência e coesão

Páginas: 15 (3501 palavras) Publicado: 21 de maio de 2012
[pic]









MÓDULO 2

FATORES LINGUÍSTICOS DE TEXTUALIDADE: COERÊNCIA E COESÃO
























1º sem./2011



Fatores linguísticos de textualidade

Coerência

A coerência está ligada à compreensão, à possibilidade de interpretação daquilo que se diz ou escreve. Em outras palavras, a coerência diz respeito ao sentido produzido pelotexto.
A coerência caracteriza-se por uma interdependência de sentido entre os elementos constituintes do texto. E sabemos que o texto não é um aglomerado de frases ou palavras. Um texto, para ser de fato um texto (para ter textualidade), deve ser coerente e, para isso, é preciso haver possibilidade de estabelecer alguma forma de unidade ou relação entre seus elementos. O texto, portanto, paraser coerente, deve ser uma “unidade de sentido”, deve possibilitar ao leitor produzir sentido. É como se lêssemos um texto e, depois, pudéssemos identificar do que se trata, pudéssemos identificar o seu tema, o seu assunto, articulando todas as suas partes e ideias a fim de que possamos visualizar o seu “todo”.
A coerência depende de uma série de fatores, tais como: o conhecimento do mundoe o grau em que esse conhecimento deve ser ou é compartilhado pelos interlocutores; o domínio das regras que norteiam a língua – o que possibilita as várias combinações dos elementos linguísticos; os próprios interlocutores, considerando a situação em que se encontram as suas intenções de comunicação, suas crenças; a função comunicativa do texto.
Mas como garantir que um texto seja coerente?Para tanto, quatro fatores são imprescindíveis: Continuidade, Progressão, Não-Contradição e Articulação. Estes são os requisitos para a produção da coerência textual.
A Continuidade é a constante retomada de elementos no interior do texto. É a unidade textual que está em jogo na produção da coerência. Dessa forma, para que o texto seja, de fato, uma “unidade”, deve manter em foco sempre otema ou assunto tratado.
Mesmo que, em um texto, haja a apresentação de assuntos diferentes, deve-se lembrar de que eles são tratados sempre em função de uma temática central. E essa temática central deve ser retomada, explicitada no decorrer do texto, para que se assegure a sua continuidade. Como estratégias de manutenção da continuidade, temos a repetição, a retomada de conceitos, ideias.Já a Progressão consiste no acréscimo de ideias novas às que vinham sendo exploradas. Para a coerência, a progressão é obtida pelo acréscimo de ideias referentes ao que já vinha sendo tratado. Entretanto, sabemos que um texto que só veicule informações novas será, provavelmente, incoerente. O oposto também pode acontecer. O texto que não acrescenta nada ou quase nada ao já dito será redundante,repetitivo.
É preciso, portanto, no processo de produção textual, saber balancear o volume de informações “velhas” e “novas”, ou seja, é preciso promover ao mesmo tempo a continuidade e a progressão do assunto ou tema textual.
A Não-contradição deve ser observada “dentro e fora” do mundo textual. No “mundo textual”, para não haver a contradição de ideias, é necessário respeitar osprincípios da lógica, isto é, não se pode dizer que “fulano havia saído” e dizer que “o mesmo não havia saído”, que “é melhor discutir educação” e, posteriormente, afirmar “não ser melhor discuti-la”.
Além disso, o texto deve ser compatível com o mundo que representa, com o mundo “extra-textual”. Apresentar ideias ou argumentos que não se sustentam ou não são verificáveis é ser contraditório também.A Articulação será percebida na “amarração” de uma ideia à outra, através de relações específicas (como as de causa, consequência, explicação, adição, comparação, oposição, entre outras). Essa articulação pode ser depreendida apenas no plano lógico-semântico ou pode estar linguisticamente explicitada. No plano lógico-semântico a articulação pode ser averiguada quando os argumentos de um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fatores linguísticos de textualidade: coerência e coesão
  • os fatores de textualidade, principalmente a coerência e a coesão
  • Coesão e coerência (textualidade)
  • Textualidade coesão e coerência
  • TExtualidade Coesao E Coerencia
  • Texto, textualidade, coerencia e coesão
  • textualidade, coesão e e coerência
  • Textualidade e coesão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!