Fatores de virulência

Páginas: 15 (3697 palavras) Publicado: 26 de abril de 2013
Fatores de Virulência (Bactérias)

Os fatores de virulência são todos os mecanismos que permitem a invasão do hóspede, ou a evasão da bactéria ao sistema imune. Cada estirpe tem geralmente apenas alguns destes fatores.
1. Têm cápsula que protege muitas estirpes contra fagocitose e o sistema imunitário.
2. Péptidoglicano, na parede celular: tem alguma atividade de endotoxina, estimulandoa febre e vasodilatação excessivas, devido à produção pelas células imunitárias decitocinas como a IL-1.
3. Proteína A: específica dos S.aureus. Neutraliza imunoglobulinas (anticorpos).
4. Ácidos teicóicos: são fibrilas como o polissacarídeo A, que servem para ancorar a bactéria, impedindo-a de ser arrastada (pelo sangue, urina, suor ou outros fluidos) da sua área de colonização.5. Toxina alfa: produzida pelo Staphylococcus aureus, destrói vários tipos de células.
6. Toxina beta: produzida apenas pelo Staphylococcus aureus, destrói vários tipos de células.
7. Toxina delta: produzida pela maioria dos estafilococos. É um surfactante que desestabiliza com a membrana celular. Destrói, por lise celular (explosão dos conteúdos), eritrócitos e muitos outros tipos decélulas.
8. Toxina gama e leucocidina P-V: grupo de até seis toxinas que formam poros na membrana celular de leucócitos, destruindo-os por lise.
9. Coagulase: esta enzima coagula o sangue ao transformar o fibrinogênio em fibrina, da mesma forma que a trombina humana. A formação de coágulos à volta das bactérias dificulta o seu reconhecimento e fagocitose pelas células do sistema imunitário.Diferencial para Staphylococcus aureus
10. Fibrolisina ou estafilocinase: produzido pelo Staphylococcus aureus. Dissolve os coágulos de fibrina, o que é útil se forem tão grandes que impeçam a sua multiplicação e invasão.
11. Hialuronidase: degrada a matriz extracelular humana, composta de ácido hialurónico, facilitando a invasão dos tecidos.
12. Catalase: protege as bactérias dos ataquescom superoxidantes produzidos como defesa pelos leucócitos. A enzima catalase transforma o peróxido de oxigênio em água e oxigênio inofensivos.
13. Lipase: todos os Staphylococcus aureus e 30% dos outros as produzem. Dissolvemlipídios neutralizando defesas lipídicas (que repelem água e causam desidratação das bactérias) como o sebo da pele e mucosas.
14. Penicilinase: produzida pelasestirpes resistentes ao antibiótico penicilina. Ela degrada o antibiótico. É espalhada por troca deplasmídeos contendo o gene nas trocas sexuais bacterianas.
15. Enterotoxinas: produzidas em alimentos durante a fase de crescimento. São peptídeos de pequeno peso molecular. São resistentes às enzimas digestivas e ao calor, não sendo destruídas pelos processos de cocção e esterilização. Agem na parededo estômago, nos receptores do nervo vago. São produzidas diversas toxinas, designadas por letras: A, B, C (C1 e C2), C, D, E, F e G.
Algumas bactérias habitam naturalmente certos nichos do corpo humano, outras são sempre patogênicas; entretanto todas podem causar doenças quando instaladas em ambiente estéril.
Certas bactérias produzem moléculas específicas para aderirem ao tecidodohospedeiro. Adesinas, fímbrias e o ácido lipoteicoicosão exemplos de substâncias produzidas para auxiliar na colonização. Outras bactérias produzem uma espessa e pegajosa matriz de polissacarídeos. O biofilme ajuda na fixação/ adesão/ colonização da população bacteriana e muitas vezes conferem certa resistência à ação de antibióticos não observados em cultura in vitro.

Biofilme formado porbactérias Staphylococcus aureus
na superfície de um cateter
Seres procariontes produzem enzimas, ácidos, toxinas e até gases associados à destruição tissular.
Exotoxinas são enzimas citolíticas que podem ser produzidas tanto por Gram positivas quanto por Gram negativas. A toxina tetânica, a toxina botulínica e a estreptolisina são exemplos de exotoxinas.
Endotoxina é o lipopolissacarídeo (LPS) de parede...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fatores de virulencia
  • Fatores de virulencia fungica
  • Fatores de virulência (fungos)
  • microbiologia fatores de virulência
  • Fatores de virulencia em fungos
  • Fatores de virulencia e patogenicidade viral
  • INFECÇÃO HOSPITALAR E FATORES DE VIRULÊNCIA DOS BACILOS GRAM- NEGATIVOS
  • Análise da expressão gênica de potenciais fatores de virulência do fungo Paracoccidioides brasiliensis...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!