Fatores de virulência (fungos)

Páginas: 12 (2973 palavras) Publicado: 18 de junho de 2012
Resumo: Fatores de Virulência nos fungos e defesa do hospedeiro


Os fungos habitam diferentes nichos e um número deles pode viver como simbiontes, comensais ou em parasitismo.
Estima-se a existência de 1.500.000 espécies de fungo no planeta, mas somente 100.000 – 200.00 foram descritas. Mais ou menos 200 espécies podem ser patogênicas para o homem.

O hospedeiro oferece condiçõesdiferentes daquelas encontradas no nicho ecológico, assim o fungo tem que lançar mão de fatores que proporcionem a sobrevivência no hospedeiro.
As condições encontradas no hospedeiro são: altas temperaturas, influências hormonais, ataque pelos fagócitos, microbiota competidora, pH, barreiras físicas e mecânicas e outras.

Fatores de virulência são atributos do fungo que proporcionam aos mesmossobreviver em condições adversas e causar doença.

Para um organismo causar doença: tem que entrar no hospedeiro (trato respiratório, inoculação no tecido – pele e mucosa); aderir, se multiplicar no tecido, invadir e evadir do sistema imune; causar dano – Todas essas etapas dependem dos fatores de virulência que o fungo usa.

MECANISMOS DE EVASÃO DO SISTEMA IMUNE

Pacientes imunocomprometidos são osprincipais alvos para infecções fúngicas.

Na histoplasmose - H.capsulatum regula o pH do fagolisossoma (aumenta o pH para 6.0 – 6.5), diminuindo a ação das enzimas lisossomais, e aumentando a captação de ferro dentro do fagolisossoma.

Os patógenos fúngicos apresentam mecanismos ativos e passivos para frustrar a resposta imune, como: formação de tubo germinativo dentro do macrófago, produçãode superóxido dismutase e catalases na defesa contra radicais oxidativos, cápsula como barreira fagocitária, bloqueio da acidificação do fagolisossoma por H. capsulatum e também a proteína CBP1 está envolvida na alteração da membrana do fagolisossoma; inibição da maturação do fagolisossoma e da produção de espécies reativas de oxigênio; redução na deposição de complemento na superfície celular;mascarar moléculas imunogênicas (ativam o sistema imune) na superfície da célula.

minirevisão(Casadevall e Pirofski – 2007)

Por que somente certos micro-organismos tem a capacidade de serem virulentos e por que certos micro-organismos são virulentos em certos hospedeiros? Existem diferenças fundamentais entre micro-organismos patogênicos e não patogênicos. Essa visão é suportada pelaobservação que certos micro-organismos requerem fatores, como toxinas, cápsulas, etc., para virulência animal. Existem claras evidências que virulência pode ser uma função do “status” imune do hospedeiro. Para micro-organismos que causam doença uma vez e outra não, o determinante da doença é normalmente um desafio no hospedeiro que altera a interação parasita-hospedeiro.
Dois tipos de aquisição:Micro-organismos que são adquiridos a partir de outros organismos vivos e aqueles que são adquiridos do ambiente.

Quando alguns micro-organismos encontrados em mamíferos causam doença, esse fato é devido a uma alteração no relacionamento parasita-hospedeiro (imunossupressão, uso de antibióticos, mudanças no nicho em decorrência de uma grande carga fúngica).

As doenças causadas por micro-organismosambientais normalmente acontecem em situações nas quais o hospedeiro é exposto a grande quantidade de inóculo e/ou apresenta um comprometimento do sistema imune.

Virulência de fungos associados ao hospedeiro: Ex: Candida

Doença causada por esses fungos normalmente estão associados com mudanças na imunidade do hospedeiro ou do relacionamento fungo-hospedeiro.
Ex: Candidíase humana – Alteraçãona barreira física ou imunidade na mucosa (como ocorre em cirurgias, colocação de cateter, dano induzido por radiação;
Candidíase vaginal – aumento do influxo de neutrófilos dentro da vagina. Uso, por exemplo, de antimicrobiano altera o equilíbrio entre a flora bacteriana- fungo, por reduzir o número de comensais bacterianos, resultando na excessiva proliferação dessas leveduras.

Muitos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fatores de virulencia em fungos
  • Fatores de virulência
  • Fatores de virulencia
  • Fatores de virulência
  • Fatores de virulencia fungica
  • microbiologia fatores de virulência
  • Fatores de virulencia e patogenicidade viral
  • Análise da expressão gênica de potenciais fatores de virulência do fungo Paracoccidioides brasiliensis...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!