FASES DA TRANSIÇÃO NA CIVILIZAÇÃO ANTIGA ROMANA: MONARQUIA, REPÚBLICA, IMPÉRIO.

Páginas: 13 (3109 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2014

FASES DA TRANSIÇÃO NA CIVILIZAÇÃO ANTIGA ROMANA: MONARQUIA, REPÚBLICA, IMPÉRIO.


FRANCIELE MAIARA DE A. CASTRO

O inicio da civilização romana se deve a duas versões uma delas é uma lenda onde diz que Roma foi fundada no ano 753 a.C. por Rômulo e Remo, filhos gêmeos do Deus Marte e da mortal Rea Sílvia. Ao nascerem, os dois irmãos foram abandonados junto ao rio Tibre e salvos por umaloba, que os amamentou e os protegeu. Por fim, um pastor os recolheu e lhes deu os nomes de Rômulo e Remo. Depois Rômulo matou o seu irmão e deu seu nome à cidade de Roma. A história, por sua vez, diz que algumas tribos de origem “Sabina e latina”, estabeleceram um povoado no monte Capitolino, junto ao rio Tibre. 
Quando adquiriu características de cidade, Roma iniciou um processo de organizaçãotanto política quanto social que resultou em monarquia. Durante a monarquia Roma foi governada por rei, senado e Assembleia Curial.

[...] Na monarquia romana, apesar do rei possuir um grande poder, já havia um sistema legislativo, formado pelo Senado (Conselho de Anciãos), basicamente os patrícios mais influentes na cidade, que limitava as funções do monarca em exercício. Também existia a Cúria,ou a Assembléia Curiata, e nesta estavam os patrícios adultos mais jovens, que validavam as decisões do Conselho.  Numa pirâmide social imaginária esses patrícios ocupavam o topo, logo seguidos pelos plebeus na posição intermediária e na base estavam os escravos. (Ana Carolina, 11 de abril 2011).

Como citado acima, a monarquia romana se dividia em três etapas. O rei era tratado como um tipo desuperioridade entre o senado e a Assembleia Curial que se submetia como juiz, chefe militar e religioso. Já o senado era um tipo de conselho formado pelos cidadãos idosos, que se responsabilizava pela chefia das grandes famílias. Umas das funções do senado eram apresentar novas leis e fiscalizar as ações dos reis. A assembleia Curia tinha membros compostos por soldados. Servir o exército de Roma,eleger funcionários, aprovar ou rejeitar leis ou até mesmo aclamar o rei era uma das principais funções da tal assembleia.
O sistema monárquico, isto é, sistema em que apenas uma pessoa, o monarca, detém o poder soberano onde permitiu uma divisão em categoria da sociedade romana entre:
Patrícios: proprietários romanos de grande importância, pois desfrutavam de direitos políticos pelo ato deter muitas terras, rebanhos e escravos. Desempenhavam funções públicas no exército, religião, justiça e principalmente na administração;
Clientes: se associavam aos patrícios, prestando serviços em troca de auxílio econômico e proteção social;
Plebeus: se dedicavam ao trabalho agrícola, comércio e artesanato. A plebe representava a maioria da população romana, constituídas por pessoas de regiõesconquistadas pelos romanos. Durante a monarquia os plebeus não tinha o direito de participar da Assembleia Curial nem de prestar serviços aos cargos públicos da Roma.
Escravos: A maioria dos escravos era constituída por guerreiros prisioneiros, geralmente estes guerreiros eram de outras culturas e civilizações. Desempenhava funções diversas entre elas de capatazes e artesãos, por este motivo eraconsiderado um bem material e uma propriedade do senhor onde o senhor tinha o poder de decidir a vida do indivíduo escravista.
[...] O fatídico rei etrusco Tarquínio, o Soberbo, manifestou uma possível aliança com plebeus e clientes, classes mais baixas na sociedade, numa vontade maior de iniciar um governo despótico. Esta atitude atemorizou o Senado e a Cúria, que iniciou um processo de deposiçãodo rei. , concretizada em 509 a.C. Os ataques à cidade por parte de gauleses e gregos que vinham pela Sicília auxiliou o golpe ministrado pelos líderes patrícios. Outro fato que contam ter sido determinante para a ruína do governo foi o caso do filho do rei, Sexto Tarquínio, que levou Lucrécia, filha de um aristocrata e mulher de um conhecido patrício, ao adultério. A partir desse momento o...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A EDUCAÇÃO NA TRANSIÇÃO DA MONARQUIA PARA REPÚBLICA NO BRASIL.
  • Período Colonial, Império e transição para a República.
  • ANTIGUIDADE: Democracia, cidadania e república na civilização greco-romana.
  • Roma antiga
  • Síntese dos principais acontecimentos dos períodos historicos relacionados a Roma antiga, República Romana e...
  • Monarquia Romana
  • monarquia romana
  • Monarquia Romana

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!