Farmacovigilância

7768 palavras 32 páginas
Introdução

A farmacovigilância é o trabalho de acompanhamento do desempenho dos medicamentos que já estão no mercado. As suas ações são realizadas de forma compartilhada pelas vigilâncias sanitárias dos estados, municípios e pela ANVISA. Embora sejam formulados para prevenir, aliviar e curar enfermidades, os produtos farmacêuticos podem produzir efeitos indesejáveis, maléficos e danosos. Essa dualidade, às vezes trágica, é significativa para a saúde pública e torna a farmacovigilância atividade indispensável à regulação sanitária em qualquer país. A farmacovigilância protege as populações de danos causados por produtos comercializados, por meio da identificação precoce do risco e intervenção oportuna.

Farmacovigilância

A ciência e as atividades relativas à detecção, avaliação, compreensão e prevenção dos efeitos adversos e quaisquer outros problemas associados a medicamentos.
Os medicamentos tornaram-se uma importante ferramenta terapêutica no tratamento e profilaxia de muitas enfermidades, sendo responsáveis pela melhora da qualidade de vida das pessoas. Para que a fármacoterapia tenha êxito e produza os resultados esperados, é necessário que o medicamento seja usado para a condição clínica apropriada, prescrito na forma farmacêutica, doses e período de duração do tratamento adequado e, que, o regime terapêutico prescrito seja cumprido.
O impacto do uso de medicamentos em uma sociedade tem varias facetas. Por um lado, os medicamentos podem aumentar a expectativa de vida, erradicar certas doenças, trazer benefícios sociais e econômicos, e por outro lado podem aumentar os custos da atenção à saúde quando utilizados inadequadamente e/ou levar à ocorrência de reações adversas a medicamentos. Contudo, mesmo quando utilizado de forma racional, os medicamentos podem levar ao aparecimento de alguns eventos indesejáveis no decorrer do tratamento. Os eventos adversos podem ser identificados durante a fase de estudo sobre o medicamento que ocorre antes da

Relacionados

  • Farmacovigilancia
    1744 palavras | 7 páginas
  • Farmacovigilancia
    3464 palavras | 14 páginas
  • farmacovigilancia
    21352 palavras | 86 páginas
  • farmacovigilancia
    2200 palavras | 9 páginas
  • Farmacovigilância
    2097 palavras | 9 páginas
  • Farmacovigilância
    2694 palavras | 11 páginas
  • Farmacovigilancia
    1497 palavras | 6 páginas
  • Farmacovigilância
    5677 palavras | 23 páginas
  • Farmacovigilancia
    863 palavras | 4 páginas
  • Relatório Farmacovigilância
    4035 palavras | 17 páginas