Física prática - 1ª lei de ohm

Páginas: 8 (1873 palavras) Publicado: 14 de outubro de 2011
I – INTRODUÇÃO

[pic]

Foi no começo do século XIX, que Georg Simon Ohm – fisico alemão nascido em 1789, que trabalhou em diversos experimentos envolvendo a eletricidade e, na grande maioria, desenvolvia seus próprios equipamentos, fig. 01 - mostrou experimentalmente que a corrente elétrica, em um condutor, é diretamente proporcional a diferença de potencial V aplicada. E que esta constantede proporcionalidade é a resistência R do material. Deste modo temos:

Fig. 01

V = R.I (eq.1)

em que,

V é a diferença de potencial elétrico (ou tensão, ou ddp) medida em Volts

R é a resistência elétrica do circuito medida em Ohms

I é a intensidade da corrente elétrica medida em Ampères

Porém,nem sempre essa lei é válida, dependendo do material usado para fazer o resistor (ou “resistência”). Quando essa lei é verdadeira num determinado material, o resistor em questão denomina-se resistor ôhmico ou linear. Caso contrario, resistor não-ohmico.

Resistores ôhmicos:

Os resitores que obedecem a eq.1 são denominados por resistores ôhmicos. Para estes resistores acorrente elétrica ( I ) que os percorrem é diretamente proporcional à voltagem ou ddp (V) aplicada. Consequentemente o gráfico V versus I é uma linha reta, cuja inclinação é igual o valor da resistência elétrica do material, como mostra o gráfico abaixo,
[pic]
Fig. 2 -  Resitores ôhmicos obedecem a lei de Ôhm

Resistores não-ôhmicos:

Estes resistores não obedecem à eq.1. Desdemodo alterando-se a ddp (V) nas extremidades destes materiais altera-se a intensidade da corrente elétrica I, mas as duas grandezas não variam proporcionalmente, isto é, o gráfico de V versus I não é uma reta e portanto eles não obedecem a lei de Ôhm.

[pic]
Fig.3 -   Resistores não ôhmicos não obedecem a lei de Ôhm

II – OBJETIVO
• Determinar a dependência funcional de V com I para doisresistores e uma lâmpada.
• Discutir a validade da Lei de Ohm em cada um destes casos.
III – MATERIAIS E MÉTODOS
• Materiais Utilizados:

- Fonte de tensão
- Voltímetro
- Multímetro
- Resistores ( 4,7 KΩ e 200 Ω )
- Placa para circuitos
- Lâmpada de 12V
• Método:

[pic]
Fig. 4
Para realizar este experimento foi montado um circuitosemelhante ao da fig. 4 ( Nesta, V denota Voltímetro, M faz referencia ao multímetro e R aos resistores que foram acrescentados ao circuito entre os pontos a e b ). Após este procedimento, foi introduzido, entre as conexões a e b, o resistor de 4,7 kΩ, sendo que, sobre ele, foram aplicadas 8 valores diferentes de tensão. Feito isso, registrou-se na tabela 1 os valores de tensão e corrente medidospelo voltímetro e multímetro, respectivamente.
O mesmo procedimento foi feito para o resistor de 200 Ω e a lâmpada de 120 Ω. Sendo que os valores de tensão e corrente obtidos para esses foram registrados, para o resistor, na tabela 3 e para a lâmpada, na tabela 2.

IV – RESULTADOS E DISCUSSÃO
Abaixo segue, respectivamente, a tabela 1 – contendo os valores de tensão e correnteobtidos no laboratório, junto com incertezas e propagações de incertezas – para o resistor de 4,7 kΩ; a tabela 2, contendo o mesmos dados, só que referente à lâmpada de 120 Ω e a tabela 3, para o resistor de 200 Ω.

Tabela 1
|I (mA) |[pic](mA) |V (V) |[pic](V) |R (KΩ) |[pic] (KΩ) |
|0,32 |0,01 |1,47 |0,01 |4,59 |0,14 ||0,45 |0,01 |2,07 |0,01 |4,60 |0,10 |
|0,65 |0,01 |3,02 |0,01 |4,64 |0,07 |
|0,99 |0,01 |4,55 |0,01 |4,59 |0,04 |
|1,14 |0,01 |5,27 |0,01 |4,62 |0,04 |
|1,43 |0,01 |6,59 |0,01...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 1ª LEI DE OHM
  • 1ª lei de ohm e 2ª
  • Relatório 1ª Lei De Ohm
  • Relatório
  • 1ª Lei de Ohm
  • 1ª e 2ª Lei de Ohm
  • Verificação prática da lei de ohm
  • PRATICA 05 Lei de Ohm

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!