Física aplicada

Páginas: 9 (2049 palavras) Publicado: 25 de novembro de 2012
Eduardo Mendes Marcucci
Gabriele Aparecida da Silva
Igor Mayer Soares
Jadiel Oliveira
Jéssyca Cristina de Oliveira

ENERGIA EÓLICA

São José dos Campos
Março/2012
Eduardo Mendes Marcucci
Gabriele Aparecida da Silva
Igor Mayer Soares
Jadiel Oliveira
Jéssyca Cristina de Oliveira

ENERGIA EÓLICA

Trabalho de Pesquisa apresentado no primeiro trimestre nas Disciplinas deFísica Aplicada, Informática Básica, Matemática Aplicada e Português Instrumental no Curso Técnico de Mecatrônica na ETEP Faculdades.

ORIENTADORES:
Adriano José Delfino
Amanda Priscila Fonseca Lima
Jefferson Adevaldo dos Santos
Leonardo Souza dos Santos
Miguel Pires Geraldo
São José dos Campos
Março/2012

SUMÁRIO

LISTA DE FIGURAS 5
LISTA DE GRÁFICOS 6
LISTA DE MAPAS 7
LISTA DETABELAS 8
RESUMO 9
1.DESENVOLVIMENTO 10
1.1INTRODUÇÃO 10
1.2GERAÇÃO DE ENERGIA 10
1.2.1TURBINA – EIXO HORIZONTAL 10
1.2.2TURBINA – EIXO VERTICAL 12
1.2.3GERADOR 14
1.2.4CAIXA MULTIPLICADORA 14
1.2.5SISTEMAS DE CONTROLE 14
1.2.6TORRE 15
2.POTENCIAL EÓLICO BRASILEIRO 15
3.VANTAGENS DE CONSUMO 17
3.1ESTIMATIVAS 18
4.CONCLUSÃO 18
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 19

LISTA DEFIGURAS

Figura 1 – Pás do rotor 7
Figura 2 - Turbina de energia eólica de eixo horizontal 8
Figura 3 - Turbina Savonius 9
Figura 4 - Figura 3 - Turbina Darrieus 9

LISTA DE GRÁFICOS
Gráfico 1 - Estimativa de consumo 17

LISTA DE MAPAS
Mapa 1- Mapa do Potencial Eólico Brasileiro 12

LISTA DE TABELAS
Tabela 1- Geração de Energia Eólica no Nordeste 14
Tabela 2 - Centrais eólicasoutorgadas 15

RESUMO

A energia eólica é explorada neste trabalho, onde visamos apresenta-la em suas vantagens e desvantagens, geração de energia, uma fonte limpa e renovável, e também como a energia cinética contida nas massas de ar em movimento converte de energia cinética de translação em energia cinética de rotação, com o emprego de turbinas eólicas, para a geração de eletricidade. Expomostambém funcionamento das pás do rotor, eixos e gerador. Além da sua estimativa para os próximos anos.

1.DESENVOLVIMENTO
1.1INTRODUÇÃO
Toda a energia eólica começa com o sol. Quando o mesmo aquece uma determinada área de terra, o ar ao redor dessa massa absorve parte desse calor. A certa temperatura, esse ar mais quente começa a se elevar muito rapidamente, pois seu volume é mais leve do queum volume igual de ar mais frio. As partículas do mesmo que se movem mais rápido (mais quentes) exercem uma pressão maior do que as partículas que se movem mais devagar, de modo que são necessárias menos delas para manter a pressão normal do ar em uma determinada elevação. Quando este ar quente mais leve se eleva subitamente, o ar mais frio flui rapidamente para preencher o espaço vazio deixado.Este ar que velozmente preenche o espaço vazio é o vento.
O vento produz uma energia cinética de translação.
Em meados do século XI apareceram as primeiras “máquinas” que convertiam a energia cinética de translação para rotação, os moinhos de vento.
Inicialmente aproveitado pelos Persas, no século V, esse engenho consiste na utilização do vento que, ao atingir uma hélice, impulsiona uma bombade sucção da água, para um reservatório, e depois utilizada na irrigação de plantações, aproveitando-se a força da gravidade.
Atualmente, além da secular utilização para bombeamento de água e processamento de grãos, os moinhos geram energia elétrica para abastecimento de grandes centros urbanos, através da conversão da energia cinética, com utilização de turbinas eólicas.
Quando as mesmascapturam a energia do vento e começam a se mover, giram um eixo que une o cubo do rotor a um gerador. O gerador transforma essa energia rotacional em eletricidade.
Fundamentalmente, gerar eletricidade a partir do vento é só uma questão de transferir energia de um meio para outro.

1.2GERAÇÃO DE ENERGIA
O aproveitamento da força dos ventos é feito pela conversão da energia cinética, através do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Fisica aplicada
  • fisica aplicada
  • Fisica aplicada
  • fisica aplicada
  • fisica aplicada
  • fisica aplicada
  • Fisica aplicada
  • Fisica aplicada

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!