fábulas de esopo

Páginas: 11 (2581 palavras) Publicado: 19 de julho de 2014
O Fazendeiro e seus Filhos
Autor: Esopo[1]



Um rico e já idoso fazendeiro, que sabia não ter mais tantos de anos de vida pela frente, chamou seus filhos à beira da cama e lhes disse:

"Meus filhos, escutem com atenção o que tenho para lhes dizer. Não façam partilha da fazenda que por muitas gerações tem pertencido a nossa família. Em algum lugar dela, no campo, enterrado, há um valiosotesouro escondido. Não sei o ponto exato, mas ele está lá, e com certeza o encontrarão. Se esforcem, e em sua busca, não deixem nenhum ponto daquele vasto terreno intocado."

Dito isso o velho homem morreu, e tão logo ele foi enterrado, seus filhos começaram seu trabalho de busca. Cavaram com vontade e força, revirando cada pedaço de terra da fazenda com suas pás e seus fortes braços.

Econtinuaram por muitos dias, removendo e revirando tudo que encontravam pela frente. E depois de feito todo trabalho, o fizeram outra vez, e mais outra, duas, três vezes.
 

Nenhum tesouro foi encontrado. Mas, ao final da colheita, quando eles se sentaram para conferir seus ganhos, descobriram que haviam lucrado mais que todos seus vizinhos. Isso ocorreu porque ao revirarem a terra, o terreno setornara mais fértil, mais favorável ao plantio, e consequentemente, a generosa safra.

Só então eles compreenderam que a fortuna da qual seu pai lhes falara, era a abundante colheita, e que, com seus méritos e esforços haviam encontrado o verdadeiro tesouro.

Moral da História:
O Trabalho diligente é em si um tesouro.

O Fazendeiro e seus Filhos - Questões
Autor: Esopo[1]

1. Quaissão os personagens do conto?
2. Qual dos personagens estava gravemente enfermo?
3. O que ocorre quando um dos personagens morre?
4. Seus herdeiros tinham um grau de parentesco com ele; Qual?
5. Os herdeiros ganham então uma grande fortuna em ouro após isso?
6. O que aconteceu, o que fizeram com a propriedade, que foi deixada para eles?
7. Afinal de contas, existia mesmo um tesouro? Seexistia, de que era constituído esse tesouro?
8. Você é capaz de explicar, com suas palavras, o significado da Moral da Fábula?

O Avarento
Autor: Esopo[1]


Um avarento tinha enterrado seu pote de ouro num lugar secreto do seu jardim. E todos os dias, antes de ir dormir, ele ia até o ponto, desenterrava o pote e contava cada moeda de ouro para ver se estava tudo lá. Ele fez tantas viagensao local que um Ladrão, que já o observava há bastante tempo, curioso para saber o que o Avarento estava escondendo, veio uma noite, e sorrateiramente desenterrou o tesouro levando-o consigo.

Quando o Avarento descobriu sua grande perda, foi tomado de aflição e desespero. Ele gemia e chorava enquanto puxava seus cabelos.

Alguém que passava pelo local, ao escutar seus lamentos, quis saber oque acontecera.

"Meu ouro! Todo meu ouro!" chorava inconsolável o avarento, "alguém o roubou de mim!"
 
"Seu ouro! Ele estava nesse buraco? Por que você o colocou aí? Por que não o deixou num lugar seguro, como dentro de casa, onde poderia mais facilmente pegá-lo quando precisasse comprar alguma coisa?"

"Comprar!" exclamou furioso o Avarento. "Você não sabe o que diz! Ora, eu jamaisusaria aquele ouro. Nunca pensei de gastar dele uma peça sequer!"

Então, o estranho pegou uma grande pedra e jogou dentro do buraco vazio.

"Se é esse o caso," ele disse, "enterre então essa pedra. Ela terá o mesmo valor que tinha para você o tesouro que perdeu!"

Moral: Uma coisa ou posse só tem valor quando dela fazemos uso.

O Avarento - Questões
Autor: Esopo[1]

1. Onde o Avarentoresolveu guardar suas economias?
2. De que era constituído o tesouro que ele encondia?
3. O que ele fazia todos os dias antes de ir dormir?
4. Por que o seu segredo foi descoberto por outra pessoa?
5. Por que um estranho, ao vê-lo ajoelhado nos fundos da casa, resolveu lhe dirigir a palavra?
6. O Avarento se arrependeu de ter agido daquela forma?
Você é capaz de explicar, com suas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • fabulas de esopo
  • Fábula de Esopo
  • Fábula Esopo
  • fabulas de esopo
  • Esopo
  • coletania de fabulas de esopo
  • Releitura das Fabulas- ESOPO
  • O BURRO SELVAGEM E O BURRO DOMÉSTICO – Fábula de Esopo Relatório de Pratica e Introdução a...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!