Experiecias básicas para utilização pelo professor

Páginas: 37 (9012 palavras) Publicado: 6 de março de 2015
IRIS BARBOSA GOULART
PIAGET
Experiências Básicas para Utilização pelo Professor
8ª Edição revista
VOZES
Petrópolis 1993


PARTE I

O Construtivismo Piagetiano e a Educação

1. OS FUNDAMENTOS DA TEORIA PIAGETIANA

Como tem origem e como evolui o conhecimento?

Esta questão que tem preocupado os filósofos de todos os tempos é respondida, em
nossos dias, pelo menos de 3modos diferentes.
Segundo os inatistas, o conhecimento é pré-formado, ou seja, já nascemos com
as estruturas do conhecimento, e elas se atualizam à medida que nos
desenvolvemos. Konrad Lorenz, um psicofisiologista, tentou provar esta tese,
e uma de suas experiências sobre o imprinting ou impressão evidencia que
aprendizagens complexas acontecem facilmente no momento em que o organismoestá
preparado para elas. Noam Chomsky, outro adepto do inatismo, tem tentado
demonstrar a pré-formação das estruturas lingüísticas.
Em oposição a este grupo de teóricos, os empiristas admitem que o conhecimento
tem origem e evolui a partir da experiência que o sujeito vai acumulando. Levado
a extremo, o empirismo se expressa no determinismo ambiental, posição segundo
a qual o homem éproduto do ambiente. Os mais conhecidos adeptos da tese
empirista são os americanos J. B. Watson e B. F. Skinner, representantes do
comportamentismo.
13

Um terceiro grupo de teóricos, os construtivistas, admite que o conhecimento
resulta da interação do sujeito com o ambiente. Como adeptos desta tese temos
o epistemólogo suíço Jean Piaget, o psicólogo francês Henri Wallon e os russosL. S. Vygotsky, A. N. Leontiev e A. R. Luria.
Piaget, analisando durante mais de 50 anos o psiquismo infantil, concluiu que
cada criança constrói, ao longo do processo de desenvolvimento, o seu próprio
modelo de mundo. As chaves principais do desenvolvimento são, portanto:
a) a própria ação do sujeito.
b) O modo pelo qual isto se converte num processo de construção interna, isto é,
deformação dentro de sua mente de uma estrutura em continua expansão, que
corresponde ao mundo exterior.
Piaget tem mostrado que, desde o principio, a própria criança exerce controle
sobre a obtenção e organização de sua experiência do mundo exterior. Acompanha
com os olhos os objetos, seu olhar explora em torno, volta a cabeça; com as
mãos agarra, solta, joga, empurra; explora com olhose mãos alternadamente,
cheira, leva à boca e prova, etc.
Estas ações, inicialmente puras formas de exploração do mundo, aos poucos se
integram em esquemas psíquicos ou modelos elaborados pela criança.
Um esquema é, pois, um padrão de comportamento ou uma ação que se desenvolve
com uma certa organização e que consiste num modo de abordar a realidade e
conhecê-la. Há esquemas simples,como o reflexo de sucção, presente pouco após
o nascimento, e há esquemas complexos, como as operações lógicas que emergem
por volta dos 7 anos de idade. Piaget considera que os esquemas simples vão
se organizando, integrando-se a outros e formando os esquemas complexos. As
estruturas psicológicas desenvolvem-se gradualmente neste processo de interação
com o ambiente e são compostas de umasérie de esquemas integrados.
O construtivismo explica os processos de desenvolvimento e aprendizagem como
resultados da atividade do homem na interação com o ambiente. Piaget explica
esta interação valendo-se
14

dos conceitos de assimilação, acomodação e adaptação, termos tomados da
Biologia. A assimilação é a incorporação de um novo objeto ou idéia ao que já
é conhecido, ouseja, ao esquema que a criança já possui. A acomodação, por
sua vez, implica na transformação que o organismo sofre para poder lidar com o
ambiente.
Assim, diante de um objeto novo ou de uma idéia, a criança modifica seus
esquemas adquiridos anteriormente, tentando adaptar-se à nova situação. Na
digestão, a assimilação se dá quando ingerimos o alimento, e para isto o
modificamos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Piaget: experiência básica para utilização pelo professor
  • Professor Educação Básica
  • Professor da escola basica
  • O papel do professor de Educação Básica
  • professor na ed basica
  • a experiência da atuação do professor na educação básica
  • a ATUAÇÃO PEDAGÓGICA DO PROFESSOR NA EDUCAÇÃO BÁSICA
  • Piaget

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!