Evolução do pensamento administrativo a igreja catolica

Páginas: 6 (1444 palavras) Publicado: 27 de março de 2012
➢ O QUE É COOPERATIVA



➢ CONCEITO DE EMPRESA COOPERATIVA: Cooperativa é uma associação autônoma de pessoas que se unem, voluntariamente, para satisfazer aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais, por meio de uma empresa de propriedade coletiva e democraticamente gerida.
Encarando a cooperativa como uma empresa, o ponto de partida é a autogestão. Décadas decentralismo e tutelismo governamental brasileiro levaram as cooperativas e cooperadores, a uma cultura de dependência assistencialista, fazendo com que, ainda hoje, muitos fiquem a esperar paternalismo, incapazes de pensar como empresa auto - gestionada.
As empresas só se autogestionam e cumprem com seus objetivos, quando atendem as necessidades dos mercados, com preço, qualidade eefetividade. O erro comumente ocorrido, quando se cria uma cooperativa, é de não se prestar atenção ao seu mercado de atuação, a concorrência interna e externa, a qualidade de seus serviços ou produtos, o atendimento e o preço que oferecerá a seus clientes.
É necessário que o produto ou serviço que a cooperativa vá oferecer, esteja em condições de concorrer no mercado, do contrário não sairãonegócios, que não gerarão renda e sem ela, não existirá futuro para a empresa recém formada. Em um ambiente turbulento empresarial, uma cooperativa, no meu entendimento, só conseguirá
sobreviver e prosperar se conseguir, pelo menos, realizar o ciclo cooperativista.

➢ OS PRINCÍPIOS COOPERATIVISTAS: Para participar do desenvolvimento da sociedade de forma consciente e organizada é necessárioem grupo como entendemos a vida de nossa comunidade, definindo o futuro que desejamos. Desde o início do cooperativismo a troca de idéias entre as pessoas, para solucionarem problemas comuns, foi colocada como prática necessária e insubstituível.
Ao se apropriarem do saber as pessoas se apropriam do poder de modificar a realidade de, provando ser possível conquistar pelas próprias mãos ummundo melhor e mais digno. Esse hábito acompanha o crescimento do movimento cooperativista e tornou possível a permanente articulação de seus representantes, enfatizada em sucessivos congressos, desde o século passado.
Em 1995, comemorou – se um século de existência da Aliança Cooperativa Internacional – ACI. No congresso comemorativo dessa data histórico, mais uma vez associado de todo omundo debateram sobre importantes questões para o fortalecimento da prática cooperativista, refletindo sobre os objetivos de sua organizações.
Durante o evento aprovaram conceitos e princípios, não muito diferentes daqueles apresentados pelos pioneiros, mas que devem estar sempre em pauta para que, atualizados e aperfeiçoados, sejam a base das estratégias de desenvolvimento do sistema decooperativas existentes nos diversos países.


➢ ADESÃO VOLUNTÁRIA E LIVRE: As cooperativas são organizadas à participação de todos, independente de sexo, raça, classe social, opção política ou religiosa. Para participar, a pessoa deve conhecer e decidir se tem condições de cumprir os acordos estabelecidos pela maioria.

➢ GESTÃO DEMOCRÁTICA: Os cooperantes, reunidos em assembléia,discutem e votam os objetivos e metas do trabalho conjunto, bem como elegem os representantes que irão administrar a sociedade.
Cada associado representa um voto, não importando se alguns detenham mais cotas do que outros

➢ PARTICIPAÇÃO ECONÔMICA DOS MEMBROS: Todos contribuem igualmente para a formação do capital da cooperativa, o qual é controlado democraticamente. Se a cooperativaé bem administrada e obtém uma receita maior que as despesas, esses rendimentos serão divididos entre os sócios até o limite do valor e da contribuição de cada um.
O restante poderá ser destinado para investimentos na própria cooperativa para outras aplicações, sempre de acordo com a decisão tomada na assembléia.

➢ AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA: O funcionamento da empresa é controlado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • pensamento medieval e igreja catolica
  • evolução do pensamento administrativo
  • Evolução do pensamento administrativo
  • Evolução do pensamento administrativo
  • Evolução do Pensamento Administrativo
  • Evolução do pensamento administrativo
  • Evolução do Pensamento Administrativo
  • Evolução pensamento administrativo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!