Eutanasia Bioetica

Páginas: 11 (2728 palavras) Publicado: 9 de abril de 2015
http://www.bioetica.ufrgs.br/textos.htm


Eutanásia - passou a significar apenas a morte causada por conduta do médico sobre a situação de paciente incurável e em terrível sofrimento.

Ativa- que seria provocar a morte rápida, através de uma ação deliberada, como, por
exemplo, uma injeção intravenosa de potássio;

Passiva - que seria deixar morrer através de suspensão de uma
medida vital, eque levaria o paciente ao óbito em um espaço de tempo variável.

Eutanásia duplo efeito- significa morte acelerada indiretamente como conseqüência das ações médicas executadas com o propósito de aliviar o sofrimento de um paciente terminal.

Eutanásia voluntária- é a morte provocada consentida pelo paciente.

Eutanásia involuntária- corresponde à morte provocada sem o consentimento do paciente.Ortotanásia ou paraeutanásia - conhecida por eutanásia por omissão - indica a
omissão voluntária, pelo médico, dos meios terapêuticos, visando deixar o paciente que sofre doença incurável e terrível agonia encontrar a morte.

É um processo de humanização da morte, com o alívio de sinais/sintomas,
especialmente a dor. Não há emprego de meios que causemsofrimentos adicionais, mas sim de meiosadequados para tratar uma pessoa que está morrendo.


O tratamento é fútil quando a sua adoção apenas prolongará a morte, não sendo efetivo para melhorar ou corrigir as condições que ameaçam a vida do paciente.
A conduta médica será lícita se não significar encurtamento do período natural de vida do paciente portador de doença incurável e já em terrível sofrimento, ou se resultar do emprego de recursomédico tendente a aliviar-lhe o sofrimento, em atenção ao princípio da não maleficência. Caso contrário, caracteriza homicídio, pois significará auxílio médico à morte.

CUIDADOS PALIATIVOS
Organização Mundial de Saúde (OMS), como o controle da dor e de outros sintomas, e o cuidado dos problemas de ordem psicológica, social e espiritual; atingindo a melhor qualidade de vida possível para ospacientes e suas famílias. Dessa forma, os cuidados visando o bem-estar da pessoa passam a ser a prioridade, e não a luta contra algo que, inevitavelmente, não tem como se combater – no caso, a doença e o fim da vida.



fonte: revista ciência hoje
Distanásia - significa o emprego de todos os meios terapêuticos possíveis no paciente que sofre doença incurável e terrível agonia, de modo que taisprovidências podem prolongar-lhe a existência, sem mínima certeza de sua eficácia, nem da reversibilidade do quadro, pois o fim da vida seguia seu curso natural.

Trata-se do prolongamento exagerado da morte de um paciente terminal ou tratamento inútil. Não visa prolongar a vida, mas sim o processo da morte. Para Jean-Robert Debray, é o comportamento médico que consiste no uso de processos terapêuticos cujoefeito é mais nocivo do que o mal a curar, ou inútil, porque a cura é impossível, e o benefício esperado é menor que os inconvenientes previsíveis.


Vida e morte podem ser apreendidas como potências
ambíguas de um mesmo processo, como
no dizer do filósofo Heráclito de Éfeso: E
como uma mesma coisa, existem em nós a vida e
a morte, a vigília e o sono, a juventude e a velhice:
pois estas coisas,quando mudam, são aquelas,
e aquelas, quando mudam, são estas (apud
Kirk et al., 1994).

É deveras interessante perceber, neste excerto,
o desejo implícito no imaginário médico
de vencer a morte, muitas vezes tão inerente à
postura daqueles que praticam a medicina,
mesmo nos dias de hoje, em conformidade ao
relatado por Márcio P. Horta:
Quando a vida física é considerada o bem supremo
e absoluto,acima da liberdade e da dignidade,
o amor natural pela vida se transforma em
idolatria. A medicina promove implicitamente
esse culto idólatra à vida, organizando a fase terminal
como uma luta a todo custo contra a morte
(Horta, 1999).
“Permanece como um grande desafio o cultivo da sabedoria de abraçar e integrar a dimensão da finitude e da mortalidade na vida, bem como oferecer cuidados...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Bioética e Eutanasia
  • Bioética- Eutanásia
  • Bioética
  • Bioetica Eutanasia
  • Bioética
  • Bioética
  • Bioética: a eutanásia
  • Eutanásia e Bioética

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!