Eutanásia.

Páginas: 10 (2292 palavras) Publicado: 15 de fevereiro de 2013
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
INSTITUTO DE QUÍMICA E BIOTECNOLOGIA

ÉRICA TENÓRIO
PALOMA SANTANA DOS SANTOS ALMEIDA

PRÍNCIPIOS DA BIOÉTICA QUE JUSTIFICAM A EUTÁNASIA

MACEIÓ
2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS
INSTITUTO DE QUÍMICA E BIOTECNOLOGIA

ÉRICA TENÓRIO
PALOMA SANTANA DOS SANTOS ALMEIDA

PRÍNCIPIOS DA BIOÉTICA QUE JUSTIFICAM A EUTÁNASIA
PRIMEIRO TRABALHO DO CURSO DE QUÍMICALICENCIATURA NA DISCIPLINA DE ORGANIZAÇÃO
DO TRABALHO ACADÊMICO, DA UNIVERSIDADE
FEDERAL DE ALAGOAS, PARA OBTENÇÃO DA NOTA AB1.
ORIENTADORA: PROF. YARA AMORIM SOUZA LEÃO

MACEIÓ
2013
ÍNDICE

INTRODUÇÃO.........................................................................................................04
REVISÃO DALITERATURA....................................................................................05
DISCUSSÃO....................................................................................................06 e 07
PROJETO BRASILEIRO..........................................................................................08
CASOS DEEUTANÁSIA..........................................................................................09
CONCLUSÃO...........................................................................................................10
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS........................................................................11

INTRODUÇÃO
 Este trabalho aborda a bioética com delimitação na eutanásia. A eutanásia vem a ser debatido há muitos séculos atrás, contudocontinua a ser controverso e chocante, uma vez que interfere com determinados princípios (éticos [Bioética], religiosos, jurídicos...), assim como choca inevitavelmente com a concepção criada em redor do valor da vida e da dignidade humana.
A bioética é o setor da moral ainda em formação, que diz respeito a condição física do ser vivo, estudando questões onde não há consenso moral. A utilização deprincípios como forma de reflexão é uma abordagem clássica e extremamente utilizada.
Principio de não-maleficência :o profissional tem dever de, intencionalmente, não causar mal ou danos.
Principio de beneficência: Temos a obrigação moral de agir para o beneficio do outro.
Principio de respeito a autonomia : capacidade da pessoa para decidir fazer ou buscar aquilo que ela julga ser melhor para simesma.
De maneira geral, entende-se por eutanásia quando uma pessoa causa deliberadamente a morte de outra que está mais fraca, debilitada ou em sofrimento.
Todas as sociedades que conhecemos aceitam algum princípio ou princípios que proíbem que se tire a vida. Mas há grandes variações entre as tradições culturais sobre quando é considerado errado tirar a vida.
Muitos temem a dor causada pelamorte e mais ainda, a passagem desta vida para a outra. Outros temem mais ainda o sofrimento, a angustia que antecede a morte. Vivem a esperar por esta. Esquecem que não é a morte que da sentido à vida, e sim a vida que dá sentido a morte.
Através de pesquisas em sites, livros, jornais e revistas, este trabalho mostrar o projeto brasileiro sobre eutanásia; a relação da eutanásia e a abreviação damorte através de medicamentos ou desligamento de aparelhos; relação entre eutanásia e a religião; princípios da bioética e a eutanásia; dilema ético que envolve a eutanásia; e exemplifica situações diferentes da eutanásia.
:

04.

REVISÃO DA LITERATURA

Segundo Lepargneur, 2009, as atuais discussões em torno daeutanásia não reflete apenas a perda de crenças religiosas, mas também os limites da própria medicina, que tende a nos presentear ou possibilitar, ou simplesmente prometer, mais anos de vida e melhor saúde.
Na avaliação, quer sociológica, quer moral, da eutanásia, faz-se oportuno consultar também o contexto cultural para lhe medir a substância e tonalidade. O Primeiro serviço que a psiquiatria...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Eutanasia
  • Eutanasia
  • eutanásia
  • Eutanásia
  • Eutanásia
  • Eutanásia
  • eutanasia
  • eutanásia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!