Eutanásia

Páginas: 6 (1475 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
Eutanásia é uma palavra grega que significa boa morte, é a prática pela qual se abrevia a vida de um paciente incurável de maneira controlada e assistida por um especialista. Independentemente da forma de eutanásia praticada, seja ela legalizada ou não (tanto em Portugal como no Brasil esta prática é considerada ilegal), ela é considerada um assunto controverso, existindo sempre prós e contras,tendo sempre em conta o valor de uma vida humana.
Sendo eutanásia um conceito muito vasto, distinguem-se aqui os vários tipos e valores intrinsecamente associados: eutanásia, distanásia, ortotanásia, a própria morte e a dignidade humana. Distanásia é a prática pela qual se prolonga, através de meios artificiais e desproporcionais, a vida de um paciente incurável. Ortotanásia é o termo utilizadopelos médicos para definir a morte natural, sem interferência da ciência, permitindo ao paciente morte digna, sem sofrimento, deixando a evolução e percurso da doença. Portanto, evitam-se métodos extraordinários de suporte de vida, como medicamentos e aparelhos, em pacientes irrecuperáveis e que já foram submetidos a suporte avançado de vida. De acordo com o professor de bioética na Faculdade deMedicina da USP, Reinaldo Ayer, a ortotanásia é definida como uma ajuda dada pelo médico ao processo natural da morte. "São casos que acontecem diariamente na rotina de um hospital, quando o paciente já chegou ao limite da capacidade de tratamento. Consiste em deixar de fazer uma cirurgia, uma nova seção de quimioterapia, ou até de reanimar em caso de uma parada cardíaca para não prolongar osofrimento nesses casos terminais".
Os motivos que levam a pratica da eutanásia são: perda de interesse e prazer de viver, caso o paciente tenha uma doença terminal ou crônica ou esteja em estado vegetativo, coma permanente, dentre outros.Existem três tipos de realização: a eutanásia ativa que e o ato resolvido de provocar a morte sem o sofrimento do paciente por fins misericordiosos; a eutanásiapassiva ou indireta inclui medidas drásticas como retirar a alimentação, oxigenação, ou seja, meios que mantém o paciente vivo, a decisão medica de não dar assistência básica ou o tratamento médico padrão; eutanásia de duplo efeito e quando a morte e acelerada, tendo em vista aliviar o sofrimento de um paciente terminal isto inclui a decisão medica de dar drogas ou outro meio que ajude a cometer osuicídio, ou a administração de uma injeção letal isto consiste em algo similar a anestesia geral.
Quanto ao consentimento do paciente existem alguns tipos de ações: eutanásia voluntaria quando a morte e provocada atendendo a vontade do paciente; eutanásia não voluntaria quando o paciente não tem capacidade para decidir se quer continuar a viver ou não, por exemplo, num estado de coma ou vegetativoe tem também eutanásia involuntária quando á morte provocada contra a vontade do paciente.
A respeito da eutanásia existem algumas áreas cinza, no estado de São Paulo a lei 1024 1 de 1999, confere o direito ao usuário de serviço de saúde de rejeitar o tratamento que seja doloroso que sirva para o prolongamento da sua vida, mas atualmente no código penal brasileiro, a pratica da eutanásia não éestipulado, seria proibida e é prevista a punição para quem realiza a eutanásia, por exemplo, um médico que termina a vida de um paciente por compaixão comete homicídio simples indicado no artigo 121, sujeito a pena de 6 a 20 anos de reclusão.
Mas há países onde a eutanásia e legal que são: Holanda, Austrália, Califórnia, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Áustria, mas que apresentam algumasrestrições: a morte só pode ser provocada em pacientes maiores de 18 anos, que estejam em estágio terminal ou sofram de um mal sem possibilidade de recuperação.Nos Estados Unidos, apenas é permitida a prática da eutanásia em três estados: no Oregon desde 1997, em Washington e em Montana desde 2008. Na Alemanha, foi despenalizada a eutanásia medicamente assistida em 2010.Na Europa, as leis sobre o assunto...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Eutanasia
  • Eutanasia
  • eutanásia
  • Eutanásia
  • Eutanásia
  • Eutanásia
  • eutanasia
  • Eutanásia.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!