Europa ocidental após a queda do império romano

Páginas: 10 (2425 palavras) Publicado: 2 de março de 2013
História 10ºF

1. Justificar a fragmentação política da Europa Ocidental após a queda do Império Romano do Ocidente.

A queda do Império Romano do Ocidente, ocorrida em 476 a.C., mudou o panorama civilizacional europeu dos séculos anteriores. Desta feita, os bárbaros dividiram-se e constituíram vários reinos, substituindo assim, a unidade imperial, que tenta ser restabelecida pelo SacroImpério Romano-Germano.
Contudo, dentro dos próprios reinos havia lugar a mais divisões: Os senhorios e as comunas. Os senhorios eram extensas terras, propriedade do de um senhor, geralmente da nobreza ou clero. Os senhorios eram constituídos por um castelo, onde habitava o senhor, e por terras destinadas ao cultivo. Assim, nos senhorios habitavam homens livres e não livres, servos, Ambos, eramobrigados a trabalhar na agricultura. O senhor, para além dos rendimentos que retirava da exploração das terras, tinha autoridade sobre os homens (poder de Ban) que nelas habitavam, tendo o direto de julgar, aplicar penas, lançar e receber impostos, etc.
Os habitantes das cidades, que geralmente se encontrava dentro do limite do senhorio, não aceitavam ser dominados por um senhor, ou ter de pagarpesados impostos. Por isso, estas cidades quiserem libertar-se do domínio do senhor, e juntaram toda a população, acabando por conquistar a autonomia: Comuna. Este movimento foi especialmente importante nas cidades do Norte de Itália.


2. Destacar o papel unificador da Igreja neste período.

Apesar da multiplicidade de poderes que dominavam a europa, a Igreja Católica conseguiu sempre manter-secomo um ponto comum, que unia toda a europa na mesma Fé, acabando por assumir um papel determinante na vida das populações e na esfera do poder político.
De facto, a Igreja, através do seu chefe supremo, o papa, representava Cristo na Terra, dominando um vasto território, possuindo várias riquezas, bem como um clero organizado. Assumia-se como líder espiritual e temporal da Cristandade,reconhecendo leis, reis, estados, limitando o direito à guerra e convocando as cruzadas (Guerras Santas).


3. Justificar o desenvolvimento económico entre os séculos XII e XIII.

Entre os séculos XI e XIII viveu-se um período de relativa paz, com o fim das invasões, dando oportunidade ao estabelecimento definitivo das fronteiras, o que conduziu a um tempo de acentuada prosperidade económica. Associadoa este facto está, também, a melhoria climática verificada, os progressos técnico, a nível agrícola, comercial e industrial, e a melhoria nos transportes marítimos.


4. Caraterizar a expansão agrária.

Com o aumento da população, foi necessário aumentar as disponibilidades alimentares. Assim, fizeram-se grandes arroteamentos, transformando-se florestas e pântanos, em terras de cultivo. Maishomens dedicaram-se à agricultura, criando-se e reanimando-se vilas.
Para além disto, foram introduzidas outras técnicas. Cresceu o emprego do ferro nas alfaias agrícolas, permitindo que se cavasse mais fundo, passou a ser frequente o uso da coelheira, rentabilizando a tração animal. O afolhamento trienal, e o adubamento dos solos, com argila, cinzas e estrume, aumentou a produtividade agrícola.5. Apontar as consequências do aumento da produção agrícola.

Como consequência imediata do crescimento agrícola, esteve a aumento das disponibilidades alimentares em toda a europa. Este crescimento reflete-se imediatamente no acréscimo demográfico, e na diminuição das epidemias.
Para além disto, os excedentes agrícolas permitem o desenvolvimento do comércio, e a libertação de pessoas, oque levou à evolução urbana, com o aumento número de cidades, e da população, designado por “surto urbano”.


6. Caraterizar o surto urbano e comercial.

As cidades, depois de ultrapassado um período de destruição e retrocesso que durou até ao séc. X, voltaram a reanimar-se. Com o aumento demográfico, deixou de ser necessária tanta mão de obra na agricultura, e a população foi lentamente...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Europa Ocidental Após a queda do império Romano
  • Imperio romano ocidental
  • A queda do império romano
  • A Queda do Império Romano
  • A queda do império romano
  • queda do imperio romano
  • A queda do Império Romano
  • Queda do imperio romano

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!