Eu Cranio

Páginas: 77 (19006 palavras) Publicado: 16 de março de 2014
Guilherme Rafael Monteiro Zanini

JOR AL PATO MACHO: O HUMOR COMO A TÍDOTO AO REGIME MILITAR

Santa Maria, RS
2007

Guilherme Rafael Monteiro Zanini

JOR AL PATO MACHO: O HUMOR COMO A TÍDOTO AO REGIME MILITAR

Trabalho final de graduação apresentado ao Curso de Comunicação Social – Jornalismo – Área
de Artes, Letras e Comunicação do Centro Universitário Franciscano, comorequisito parcial para
obtenção do grau de Jornalista – Bacharel em Jornalismo.

Orientadora: Ms. Sione Gomes dos Santos

Santa Maria, RS
2007
1

Guilherme Rafael Monteiro Zanini

JOR AL PATO MACHO: O HUMOR COMO A TÍDOTO AO REGIME MILITAR

Trabalho final de graduação apresentado ao Curso de Comunicação Social – Jornalismo – Área
de Artes, Letras e Comunicação do CentroUniversitário Franciscano, como requisito parcial para
obtenção do grau de Jornalista – Bacharel em Jornalismo.

_________________________________________________
Sione Gomes dos Santos – Orientadora (Unifra)

_________________________________________________
Laura Elise Fabrício (Unifra)

_________________________________________________
Paula Simone Bolzan (Unifra)

Aprovado em........ de ....................................... de ...............
2

RESUMO

Entre os anos de 1964 e 1985, o Brasil viveu sob o comando de um regime militar. Nesse período
de ditadura, muitas manifestações culturais, políticas e sociais foram vetadas pela censura
instalada no país e um dos setores que mais sofreu retaliações foi a imprensa. Como alguns
conteúdos, principalmenteos opinativos, tiveram que ser retirados dos jornais tradicionais, houve
uma necessidade por parte dos profissionais de imprensa de publicar o que realmente acontecia
no país durante os chamados “anos de chumbo”. Nesse contexto, surgiu a imprensa alternativa do
Brasil e, no Rio Grande do Sul, um jornal chamado Pato Macho teceu, durante quinze edições
semanais, uma crítica aoscostumes da sociedade de Porto Alegre no início da década de 70. O
conteúdo do jornal era baseado no deboche e nas metáforas, uma das formas que os jornalistas
tinham de burlar o rigor dos censores. Assim, este estudo faz uma análise do conteúdo do Pato
Macho que, mesmo tendo saído de circulação há mais de 35 anos, ainda é um marco na imprensa
alternativa do Rio Grande do Sul.Palavras-chave: Ditadura Militar. Censura. Imprensa Alternativa. Pato Macho.

3

AGRADECIME TOS

Agradeço a Deus, a meus pais, Paulo e Noemi que sempre foram a minha base de
sustentação em todos os momentos que passei. Sem seus esforços diários, seria impossível eu ter
chegado ao término da graduação. Não tenho palavras para agradecer minha companheira
Nadine, pessoa que conheci noscorredores da faculdade e se tornou uma referência de
profissional e de caráter. Por ela vale a pena acordar a cada manhã. Minha irmã Sabrina e meu
cunhado Márcio que, apesar de estarem longe, sempre enviaram apoio e tranqüilidade mesmo nas
horas mais tumultuadas. Manifesto aqui o agradecimento a professora Sione Gomes, orientadora
do presente estudo, pessoa que tornou a caminhada menoscomplicada. Aos mestres, deixo aqui o
meu fraterno abraço e eterna gratidão. Os bancos acadêmicos agregam conhecimentos e amigos.
Além dos já citados, agradeço a pessoas que tornaram tudo mais fácil nos últimos anos:
Vinícius, Carol, Marcel, Quintana, Gílson, Bebeto, Paulinho, Laura, Luis Eduardo, Marcos, John
Lennon, Alessandro, Diogo, Maurício, Paul McCartney, João Paulo, Jaiana, PauloAndré, Elisa,
Fernanda, Ana Karla, Ringo, Keith Richards, 3ª turma do jornalismo, George Harrison, Silvana,
Renuska, Grazi, Manuela, Neil Young, Eduardo, Kellen, Larré, Leonardo, Sandro e Jorge.
Meus caríssimos, muito obrigado!

4

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO............................................................................................................................... 6...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Crânio
  • Cranio
  • Crânio
  • Cranio
  • Cranio
  • cranio
  • Crânio
  • cranio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!