estrutura epdemiologica

Páginas: 5 (1179 palavras) Publicado: 28 de setembro de 2014



Professor: Paulo Bittencourt
Disciplina: Epidemiologia e Saúde Pública/ Curso Técnico em Meio Ambiente
Instituição: CECON


Doenças Infecciosas





Infecção é a penetração, alojamento e, em geral, multiplicação de um agente etiológico animado no organismo de um hospedeiro, produzindo-lhe danos, com ou sem aparecimento de sintomas clinicamente reconhecíveis.
Existem aindaalguns termos relacionados à infecção, mas que dela diferem, entre eles:
Infestação, que pode ser entendida como o alojamento, desenvolvimento e reprodução de artrópodes na superfície do corpo ou nas roupas de pessoas ou animais.
Colonização, que ocorre quando o agente está presente na superfície do organismo em quantidade mínima, multiplicando-se numa proporção suficiente para manter-se, mas semproduzir evidência de qualquer reação do hospedeiro.
Contaminação, que se refere à presença de agente na superfície do corpo ou na de objetos inanimados (fômites) que podem servir de fonte de infecção.




Características do reservatório
Entende-se por reservatório o hábitat de um agente infeccioso, no qual este vive, cresce e se multiplica. Aceita-se que a característica que distingue oreservatório da fonte de infecção diz respeito ao fato de o reservatório ser indispensável para a perpetuação do agente, ao passo que a fonte de infecção é a responsável eventual pela transmissão.
Reservatório humano

Boa parte das doenças infecciosas tem o homem como reservatório. Entre as doenças de transmissão pessoa a pessoa incluem-se o sarampo, as doenças sexualmente transmissíveis, a caxumba,a infecção meningocócica e a maioria das doenças respiratórias. Existem dois tipos de reservatório humano:
pessoas com doença clinicamente discernível;
portadores.
Portador é o indivíduo que não apresenta sintomas clinicamente reconhecíveis de uma determinada doença transmissível ao ser examinado, mas que está albergando e eliminando o agente etiológico respectivo.
Os portadores podem seapresentar na comunidade de diferentes formas, entre elas:
Portador ativo convalescente: indivíduo que se comporta como portador durante e após a convalescença de uma doença infecciosa. É comum esse tipo de portador entre pessoas acometidas pela febre tifóide e difteria.
Portador ativo crônico: indivíduo que continua a albergar o agente etiológico muito tempo após a convalescença da doença. Omomento em que o portador ativo convalescente passa a crônico é estabelecido arbitrariamente para cada doença. No caso da febre tifóide, por exemplo, o portador é considerado como ativo crônico quando alberga a Salmonella thyphi por mais de um ano após ter estado doente.
Portador ativo incubado ou precoce: indivíduo que se comporta como portador durante o período de incubação de uma doença.
Portadorpassivo: indivíduo que nunca apresentou sintomas de determinada doença transmissível, não os está apresentando e não os apresentará no futuro; somente pode ser descoberto por meio de exames adequados de laboratório.

Reservatório animal

As doenças infecciosas que são transmitidas em condições normais de animais para o homem são denominadas zoonoses. Via de regra, essas doenças são transmitidasde animal para animal, atingindo o homem só acidentalmente. Como exemplo, poderíamos citar: leptospirose (reservatórios: roedores e eqüinos), raiva (reservatórios: várias espécies de mamíferos), doença de Chagas (reservatórios: mamíferos silvestres), etc.

Reservatório ambiental

As plantas, o solo e a água podem comportar-se como reservatórios para alguns agentes infecciosos. Como exemplo,podemos citar: o fungo (Paracoccidioides brasiliensis) responsável pela blastomicose sul-americana, cujos reservatórios são alguns vegetais ou o solo; a bactéria causadora da doença-dos-legionários (Legionellae pneumophila) tem a água como reservatório, sendo encontrada com certa freqüência em sistemas de aquecimento de água, tais como na água de torres de refrigeração existente em sistemas de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Vigilância epdemiologica
  • Vigilancia epdemiologica
  • Guia de vigilância epdemiológica
  • estrutura
  • estrutura
  • Estrutura
  • Estruturas
  • Estrutura

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!