Estradas

Páginas: 5 (1126 palavras) Publicado: 11 de novembro de 2013





FACULDADE PIO DÉCIMO
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL







ESTRADAS

PESQUISA 03









Discente: JÚLIO BISPO DOS SANTOS




Aracaju, 2013


1. VELOCIDADE DIRETRIZ
A American Association of State Highway and Transportation Officials (AASHTO)define velocidade de projeto (ou velocidade diretriz) como a máxima velocidade que um veículo pode manter, em determinado
trecho, em condições normais, com segurança.
A velocidade de projeto é a velocidade selecionada para fins de projeto da via e que condiciona as principais características
da mesma, tais como raios de curvatura, superelevação e distâncias de visibilidade, das quais depende aoperação segura e confortável dos veículos.
A velocidade de projeto de um determinado trecho de estrada deve ser
coerente com a topografia da região e a classe da rodovia.

Tabela 01


2. Veículo de projeto
Denomina-se veículo de projeto o veículo teórico de certa categoria, cujas características físicas e operacionais representam uma envoltória das características da maioria dos veículosexistentes nessa categoria. Essas características condicionam diversos aspectos do dimensionamento geométrico de uma via, tais como:

A largura do veículo de projeto influencia na largura da pista de rolamento, dos acostamentos e dos ramos de interseções;

A distância entre eixos influi no cálculo da Superlargura e na determinação dos Raios
Mínimos internos e externos das pistas dosramos das interseções;

O comprimento total do veículo influencia a largura dos canteiros, a extensão das faixas de espera, etc;

A relação peso bruto total / potência influencia o valor da rampa máxima e participa na determinação da necessidade de faixa adicional de subida;

A altura admissível para os veículos influi no gabarito vertical.

A escolha do veículo de projeto deve levarem consideração a composição do tráfego que utiliza ou utilizará a rodovia, obtida de contagens de tráfego ou de projeções que considerem o futuro desenvolvimento da região.

Existem quatro grupos básicos de veículos de projeto a serem adotados, conforme as características predominantes do tráfego (no Brasil, normalmente o veículo CO):

VP: Veículos de passeio leves, física eoperacionalmente assimiláveis ao automóvel, incluindo utilitários, pick-ups, furgões e similares;

CO: Veículos comerciais rígidos, compostos de unidade tratora simples. Abrangem os caminhões e ônibus convencionais, normalmente de 2 eixos e 6 rodas;

SR: Veículos comerciais articulados, compostos normalmente de unidade tratora simples e semirreboque;

O: Representa os veículos comerciais rígidos demaiores dimensões que o veículo CO básico, como ônibus de longo percurso e de turismo, e caminhões longos.

A Tabela 02 resume as principais dimensões básicas dos veículos de projeto recomendados para utilização nos projetos geométricos de rodovias no Brasil.
Tabela 02



As dimensões básicas dos veículos de projeto estão representadas graficamente nas Figuras 01, 02, 03 e 04,apresentadas a seguir.


Fig. 01: Dimensões de veiculo de projeto VP (cm)


Fig. 02: Dimensões de veiculo de projeto CO (cm)






Fig. 03: Dimensões de veiculo de projeto O (cm)










Fig. 04: Dimensões de veiculo de projeto SR (cm)

3. SUPER LARGURA;
SUPERLARGURA – acréscimo total de largura proporcionado às pistas de rolamento de rodovias em curvas, de forma aconsiderar as exigências operacionais então decorrentes, e assegurar um padrão adequado de segurança assegurar um padrão adequado de segurança e conforto de dirigir.
Fig. 05






Critério simples e resumido

Tabela 03: VALOR DOS RAIOS R ACIMA DOS QUAIS É DISPENSÁVEL A
SEPERLARGURA-PISTAS DE 2 FAIXAS

Implantação superlagura figura 06.









Fig. 06...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Estradas
  • ESTRADAS
  • Estradas
  • Estradas
  • estradas
  • estradas
  • Estradas
  • Estradas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!