Estou aqui busco pessoas interessadas em se divertir.

2327 palavras 10 páginas
Direito Natural X Direito Positivo
Salvar • 1 comentário • Imprimir • Reportar
Publicado por Angelina Kloppel - 7 meses atrás
3
A Filosofia do Direito tem como tema recorrente o estudo do Direito Natural, assimcomo do Direito Positivo. Neste artigo serão considerados aspectos históricos das relações entre Direito Natural e Direito Positivo, sendo que serão ressaltados os fundamentos dos mesmos.

O cotejo entre naturalismo e positivismo será analisado de maneira a tornar fácil o entendimento dos conceitos e fundamentos, assim como as opiniões de alguns pensadores.

A Filosofia do Direito já que trata frequentemente do assunto referido, nos proporciona condições de análise de diversas formas que são essenciais para a formação de acadêmicos.

Neste estudo, analisaremos a evolução dos pensamentos, as teorias fundamentadoras tanto do Direito Positivo como do Direito Natural, e alguns dos principais pensadores positivistas bem como naturalistas.

Sabe-se que os pensadores tiveram maiores conflitos em meados do século XIX, quando ocorria a difusão do positivismo, enquanto que os filósofos naturalistas buscavam desenvolver sua teoria para que pudessem adequá-la à atualidade.

Neste caso, um retrospecto histórico é muito importante para que possamos entender o caráter cíclico, permanente e eterno do Direito Natural andando junto com o fenômeno jurídico positivo.

Deve-se observar também que o jusnaturalismo possui função de ordenar e sustentar o positivismo, já que este não é auto-suficiente, necessitando de legitimidade, e esta legitimidade encontra-se aparente no Direito Natural.

Enquanto isso, o Direito Positivo é o que estabelece as ações a serem cumpridas, indiferentemente do conhecimento de cada individuo, as ações são reguladas através das normas e por este motivo devem ser desempenhadas do modo prescrito na norma.

O assunto tratado é de interesse de todos os cidadãos, independente de espaço, razão pela qual justifica-se o estudo e a

Relacionados

  • O FESTIVAL DE TEATRO COMO PRÁTICA CULTURAL DA PASTORAL DA JUVENTUDE
    10626 palavras | 43 páginas
  • Amor as escuras
    27825 palavras | 112 páginas
  • Livro da sedução
    19191 palavras | 77 páginas
  • Lolita
    77849 palavras | 312 páginas
  • publicidade e propaganda
    31382 palavras | 126 páginas
  • revolução tecnico cientifica
    34263 palavras | 138 páginas
  • Série Cris
    39558 palavras | 159 páginas
  • Elocubrações de guiga
    25268 palavras | 102 páginas
  • Doutorado POESIA E PERFORM NCE Estudo e A o na Educa o Infantil de Florian polis
    81349 palavras | 326 páginas
  • Flamengo
    93988 palavras | 376 páginas