Esquizofrenia Hiberfrênica

Páginas: 8 (1962 palavras) Publicado: 10 de junho de 2014
FACULDADE ESTÁCIO FASE




ESTUDO DE CASO





RODRIGO BISPO RODRIGUES






ARACAJU
2014

ESTUDO DE CASO









Estudo de Caso apresentado à disciplina Ensino Clínico
VI em enfermagem da faculdade Estácio de Sergipe-FASE, como parte da avaliação da segunda unidade
Prof°: Vânia Farias








ARACAJU
2014



Sumário:


Objetivo...................................................................................................2
1.1 Objetivo Geral
1.2 Objetivo Especifico
Conceito daPatologia.............................................................................2
Medicamentos........................................................................................;3
Levantamento de Dados.........................................................................4
Anamnese...............................................................................................5
ExameFísico...........................................................................................5
Exame Psíquico......................................................................................6
Sinais e Sintomas...................................................................................6
Diagnostico (NANDA,NIC e NOC).........................................................7Conclusão ..............................................................................................8
Bibliografia..............................................................................................9











1- Objetivo Geral e específico :

1.1 Geral: Ressaltar a importância do enfermeiro frente aos cuidados com o paciente com esquizofrenia hebefrênica.

1.2Específico: * Orientar a família sobre a importância do tratamento;
* Estimular o paciente na promoção da socialização;
* Buscar a compreensão e participação da família na vida desses pacientes.


2- Conceito da Patologia
Esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico e um problema de saúde que afeta aproximadamente 1% da população, e causa grande sofrimento para odoente e para a família. Apresenta longa duração onde o paciente passa por vários períodos de crises e remissões, que geralmente causam deterioração do funcionamento do doente e da família. De acordo com Giacon e Galera (2006 p. 287) a esquizofrenia é um transtorno causado por fatores biopsicossociais, que apresentam longa duração, e períodos de crise e remissão, o que causa diversos danos e perdas,onde o paciente geralmente apresenta comportamentos típicos, porém seu curso não é típico, por apresentar vários episódios ao longo do tempo. A patologia dificilmente é diagnosticada logo no início e pode se manifestar de maneira lenta ou brusca. De acordo com Nogueira et al. (2002, p. 58), a esquizofrenia hebefrênica possui maior chance de deterioração inicial, pois apresenta regressão acentuada aum comportamento primitivo. É caracterizado pelos sintomas de desorganização e transtorno de pensamento, incoerência e dissociação, afetividade e respostas sócio-emocionais inadequadas, aparência pessoal e contato com a realidade precários, comportamento hilário e bizarro, maneirismo e retraimento social. Existe nesse tipo de esquizofrenia um risco de heteroagressividade, distúrbios eróticosacentuados e geralmente vem seguido de um grau maior de deterioração.






3. Medicamentos:
Longactil:

Indicações:

O Longactil® possui amplas indicações terapêuticas em Clínica Geral, Neuropsiquiatria, Obstetrícia e Ginecologia, Pediatria, Cirurgia e Psiquiatria.
É utilizado para o controle das manifestações das desordens psicóticas, para o controle de náuseas e vômitos. No alívio...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • esquizofrenia
  • O que é esquizofrenia?
  • Esquizofrenia
  • esquizofrenia
  • ESQUIZOFRENIA
  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia
  • Esquizofrenia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!