escola da ponte

Páginas: 11 (2725 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
A Escola da Ponte que surgiu na década de 1970 com o desejo de fazer uma escola que respeitasse as diferenças individuais dos alunos, onde segundo Ruben Alves, ele percebe que nesta escola o currículo não é o professor, mas o aluno – ¨Na Escola da Ponte, o currículo não existe em função do professor – é uma permanente referência do percurso de aprendizagem e de desenvolvimento do aluno e umareferência permanente apropriada pelo aluno... os professores não estão no centro da vida escolar, mas estão em permanente movimento procurando acompanhar, orientar, reforçar a aprendizagem e desenvolvimento pessoal e social de cada aluno.¨ ( A escola com que sempre sonhei, sem imaginar que pudesse existir, 2001: p 18 )

A Escola da Ponte
Segundo Rubem Alves em seu livro – A escola com quesempre sonhei, sem imaginar que pudesse existir,( 2001: p 14 – 119) - ¨Na Escola da Ponte não há aulas, não há classes, não há turmas, alunos de diferentes idades participam dos mesmos grupos, não há currículo (o currículo não é o professor, mas o aluno, o verdadeiro sujeito do currículo). Os alunos decidem democraticamente as regras e mostram a escola para os visitantes. Tudo isso é muitointeressante.
O autor relata ainda que existe um quadro na escola onde consta:"tenho necessidade de..." e respectivamente outro que diz:"posso te ajudar", o que estimula a troca constante de saberes e a responsabilidade contínua de todos com o seu aprendizado e dos demais colegas. Rubem Alves, avaliando essas experiências, descreve em seu livro que a escola da ponte não tem a cidadania como algo a seratingido, mas sim permitir que seus alunos efetivamente vivam a cidadania. Outro exemplo interessante relatado pelo autor é que os alunos maiores produzem textos para os menores estabelecendo assim uma troca constante entre os alunos sem a rigidez das escolas tradicionais.
Para o autor, a Escola da Ponte é como uma experiência autêntica que estimula a inclusão de todos os alunos, agrega valores quepermitem a vivência da cidadania e forma o aluno considerando sua totalidade e não o fragmentando como normalmente faz. Segundo o autor, pode ser um processo prazeroso de experiências que devam ser estimuladas, valorizadas e sobretudo divulgadas para que os educadores sintam-se motivados a agregar novos valores às suas práticas é portanto uma tentativa de promover mudanças que gerem um aprendizadomais lúdico, prazerosos e voltado para a vivência da cidadania.
A escola atualmente se depara com novos desafios, entre eles, o de estabelecer condições mais adequadas para atender à diversidade dos indivíduos que dela participam.
A proposta educacional abordada nesta pesquisa trata-se de uma transformação na escola capaz de torná-la um espaço para a formação de indivíduos capazes de elaborar erealizar seus projetos de vida. Tal proposta coloca os estudantes, desde cedo, no papel de definir, planejar, executar e avaliar projetos de seus interesses, com autonomia para elaborar e realizar seus projetos de forma aberta.
A relação da escola com os demais agentes da educação é de parceria, e no processo de produção do conhecimento que tem as crianças e os jovens como protagonistas, astecnologias de informação e comunicação são manipuladas como ferramentas de aprendizagem que contribuem para a concretização dos projetos. Nesta escola, o papel prioritário do educador é o de orientador de aprendizagem e também de inspirador e modelo de conduta.
Quem ouve falar desta escola, pela primeira vez, da forma de como ela se caracteriza, hesita em acreditar que seja possível uma criança sedesenvolver em um ambiente assim.
Sem salas, sem turmas, alunos que decidem o que irão apreender, entre idades de 05 a 14 anos eles interagem sobre os mais diversos assuntos sob a orientação de educadores que oferecem apóio às mais diversas duvidas.
Na escola da Ponte os alunos aprendem juntos a conhecer, a fazer e a ser em se conhecer e se compreender melhor, neste entendimento há uma troca...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Escola da ponte
  • Escola da ponte
  • Escola da Ponte
  • Escola da ponte
  • Escola da Ponte
  • Escola da ponte
  • Escola da ponte
  • A Escola da Ponte

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!