Esclerometria

740 palavras 3 páginas
Carbonatação na obtenção da resistência característica do concreto (FCK) utilizando ensaios não destrutivos (esclerometria).
Delimitação do tema: A importância da esclerometria na avaliação da resistência do concreto.
Objetivo: Avaliar a importância de parâmetros retificadores na utilização do esclerômetro para obtenção da resistência característica do concreto.
Justificativa:
O concreto é o material de construção mais empregado no mundo, por isso é importante que se destine a ele estudos que avaliem sua qualidade e desempenho, principalmente quando se trata da sua durabilidade. Um dos problemas mais comuns que afetam a durabilidade do concreto se manifesta principalmente devido à ação de fatores externos, como na penetração de agentes agressivos na corrosão gerada pela carbonatação do concreto.
Diante disso, tem-se gerado grande preocupação pela realização de ensaios não-destrutivos, que não comprometam o desempenho estrutural e aumentem a precisão de análise do concreto. A esclerometria consiste em um tipo de ensaio não-destrutivo para mensuração da dureza superficial do concreto e busca fornecer subsídios para avaliação de sua qualidade. Para isso utiliza-se o esclerômetro sobre um ponto da área de ensaio que fornecerá um valor correspondente à resistência do concreto.
O resultado da esclerometria depende de muitas variáveis como uniformidade da superfície, condição de umidade, carbonatação superficial, rigidez do elemento estrutural, dentre outros fatores. Dessa forma, a fim de identificar e compreender os aspectos acerca do uso do esclerômetro na avaliação da resistência do concreto será desenvolvido este estudo.

Referencial Teórico:
A corrosão das armaduras constitui um dos principais fatores que levam a manifestações de patologia no concreto armado e vários aspectos contribuem para sua ocorrência, como a dimensão dos poros, aumento da permeabilidade, presença de agentes agressivos, produção e aplicação do concreto, dentre outros. Ela se dá,

Relacionados

  • Esclerometria
    13657 palavras | 55 páginas
  • ESClerometria
    772 palavras | 4 páginas
  • Esclerometria
    406 palavras | 2 páginas
  • Esclerometria
    803 palavras | 4 páginas
  • Esclerometria
    1058 palavras | 5 páginas
  • ESCLEROMETRIA
    933 palavras | 4 páginas
  • Esclerometria
    941 palavras | 4 páginas
  • Aplicação de estatística nas medições de ultrassom e esclerometria
    262 palavras | 2 páginas
  • ABRASÃO LOS ANGELES, ESCLEROMETRIA, IMPUREZAS ORGÂNICAS E MATERIAIS PULVERULENTOS
    1821 palavras | 8 páginas
  • ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A RESISTÊNCIA À COMPRESSÃO AXIAL E O ÍNDICE ESCLEROMÉTRICO UTILIZANDO DIFERENTES TRAÇOS DE CONCRETO E TEORES DE ARGAMASSA COM ABATIMENTO CONSTANTE
    6669 palavras | 27 páginas