Erro

Páginas: 9 (2131 palavras) Publicado: 24 de novembro de 2014
ENTREVISTA: ISABEL PAROLIN
Família + escola = aprendizagem

A psicopedagoga acredita que pais e escola, juntos, devem construir um caminho prazeroso para a aprendizagem.

Por Luiza Oliva

A dinâmica das relações entre a família e a escola tem sido o foco do trabalho da psicopedagoga Isabel Parolin. Pedagoga formada pela PUC-PR, especialista em psicodrama pedagógico e psicopedagogia,mestre em psicologia da educação pela PUC-SP, Isabel acompanha em seu consultório em Curitiba, desde 1991, crianças e adolescentes que apresentam dificuldades de aprendizagem. A partir desses atendimentos, Isabel acabou se interessando pela dinâmica familiar. “É muito comum os pais não saberem como proceder com seus filhos e esse tema tomou vulto em meu trabalho. Atuo também com as famílias porentender que a dificuldade de aprendizagem é um sintoma que desvela um grupo, ou seja, o portador do sintoma de dificuldade é o protagonista de um grupo que deverá se rever”, acredita a especialista.

Além de trabalhar em consultório, Isabel escreve e dá palestras para pais, na tentativa de minorar o sofrimento das famílias e melhorar a qualidade das relações e, como consequência, a aprendizagemdessas crianças e adolescentes. “Vivemos uma era em que as famílias estão revendo seus papéis parentais e muitos deles não sabem como desempenhá-los. Muitos acreditam que para serem amigos de seus filhos não devem dar limites, mas concordar e aceitar tudo que eles querem. Com isso, criam dinâmicas familiares que tornam-se insuportáveis, com consequências na aprendizagem dessa criança”, avalia.Isabel trabalha também com as escolas e seus professores, dando consultoria para instituições públicas e privadas com o objetivo de melhorar as relações e o processo de ensinar e aprender. Ela é autora de Pais Educadores - É Proibido proibir? (Editora Mediação, 2003, na 3a edição) e de Professores Formadores: a relação entre a Família, a Escola e a Aprendizagem, (Positivo, 2005). É também organizadorae co-autora do livro Aprendendo a Incluir e Incluindo para Aprender (Pulso Editorial). Nesta entrevista, Isabel fala de escola, família e aprendizagem.

DIRECIONAL ESCOLAS - Como a senhora vê o excesso de papéis que têm sido delegados à escola, especialmente pela família?

ISABEL PAROLIN - Alguns são necessários em função dos novos tempos: mãe que trabalha longas jornadas, a figura do paiausente, enfim. Porém outros, apesar de serem, igualmente, decorrência dos novos tempos, necessitam ser revistos pela família, pois o seu papel na educação de crianças e jovens é intransferível.

Ao mesmo tempo em que delega poderes, a família cobra muito da escola, especialmente no caso da instituição particular. Na sua opinião, a escola vira refém da família/cliente? Muitas vezes, chega aprevalecer a vontade dos pais, ao invés do bom ensino?

É verdade. Na ânsia de atender às necessidades dos pais, a escola acaba perdendo a sua função social. Isso não acontece apenas na escola particular, mas também nas públicas. Os pais, quando exigem da escola procedimentos de caráter particular, ou seja, para atender à necessidade específica de uma determinada criança, muitas vezes, estão privando opróprio filho de compreender que estão numa instituição de âmbito coletivo. É importante para os alunos se submeterem às regras da instituição e compreenderem que o convívio entre pessoas, para ser justo, necessita ser pensado, organizado dentro de um sistema e vivido de acordo com esse contrato. Ao mesmo tempo, a escola deve estar atenta a uma outra situação: ela necessita diferenciarprocedimentos, quando um aprendiz necessita de atendimentos especiais. Portanto, ela deve estar atenta em todos os momentos, em termos de quando é importante diferenciar e do que é fundamental generalizar. Exemplifico: uma criança que se distrai muito necessita, para sair-se bem em suas tarefas, ser lembrada pelos professores, receber certas anotações ao longo do seu trabalho. Por outro lado, um aluno que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Erros
  • Erros
  • ERROS
  • Erro
  • Erro
  • Erros
  • erros
  • Erros

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!