Ensino da gramática

Páginas: 6 (1468 palavras) Publicado: 16 de setembro de 2012
Resumo: Capítulo I A escola e a chamada crise do idioma
A crise com que a escola se defronta é mais além do que uma simples verificação da escassez de recurso e desinteresse das autoridades ou despreparo do corpo docente. A escola não desenvolve no aluno a expressão oral dando condições para criar condições necessárias para uma tradução cabal, expressando suas opiniões pensamentos e emoçõestanto na escrita quanto na fala. A primeira crise é a ordem institucional que de uns tempos para cá através da própria sociedade é privilegiado o coloquial, o espontâneo e o expressivo, e assim vem se renovando a língua popular e o argot.
Sendo assim houve o desprestígio da tradição escrita culta, a tendência influenciou decisivamente os costumes linguísticos de tal modo que, no português doBrasil a distância entre o nível popular e o nível culto ficou muito marcada, tanto que se assim prosseguir, acabará chegando a se parecer com fenômeno verificado no italiano e no alemão, que tem distância entre um dialético e outro.
O resultado disto nas salas de aula é que os alunos não estão sendo alertados para o propósito estilístico que inspira a opção linguística, limitando-se a esta leitura,e perde a oportunidade de extrair enriquecimento idiomático através de tradicionais textos “clássicos”. E assim o apoio que a escola poderia dar a literatura no aperfeiçoamento da educação linguística dos alunos é perdido.
A segunda crise é na universidade, devido as teorias linguísticas não terem chegado a consolidar um corpo de doutrina capaz de permitir uma descrição funcional-integral dosaber elocucional, do saber expressivo e do saber idiomático. A terceira crise é na escola, pois na medida em que não se faz distinções necessárias entre gramática geral, gramática descritiva e gramática normativa, e o professor despreza a gramática normativa, justamente a que deveria ser o objeto central de sua preocupação, pois é onde leva o educando a uma série de atividades que permitiriamleva-lo á educação linguística necessária ao uso efetivo de seu potencial idiomático.
Existem três ordens de crises independentes nas escolas, que não permitem ao aluno que já possui um saber linguístico prévio para desenvolver seu potencial, nem lhe permite criar, paralelamente, as condições necessárias para progredir. Estas crises são: A primeira crise é na própria sociedade, que vem renovando alíngua popular, prestigiando o coloquial por modismo, muitos acham mais fácil seguir a tendência da língua espontânea do que aprender e prestigiar a tradição da língua culta. A segunda crise é na universidade, porque a linguística ainda não obteve o seu devido valor no campo da educação, estando ainda em discussão seus objetivos e suas metodologias. A terceira crise é na escola, pois os professoresdesprezam a gramática normativa que é a mais importante e que permitiria maior aprendizado da linguística necessária, dando atenção apenas à gramática geral e à gramática descritiva. A linguagem é um dos fatores decisivos para o desenvolvimento integral do indivíduo. Os resultados da pesquisa linguística e educacional já modificaram os programas e currículos das universidades e das escolas deensino médio, de todos os componentes do currículo das escolas do ensino médio, foram os textos destinados ao ensino da língua portuguesa os que mais sofreram com tanta novidade. A missão do professor de língua materna é transformar seu aluno num poliglota dentro de sua própria língua, sabemos que a tarefa do professor de língua portuguesa já é complexa e difícil, mas ele deve oferecer aos alunossubsídios, estimula-los a ler e consultar bibliografias para enriquecer a sua cultura do saber.
O privilégio para com a língua oral, em relação à língua escrita deveu-se à duas ordens de fatores: a de natureza lingüística e de natureza política. Também é importante lembrar que, com relação à problemática das funções de linguagem, Halliday, na década de 70 elaborou uma proposta de sete funções:...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O ensino da gramática
  • Ensino da gramática
  • Ensino da gramatica
  • Ensino da gramatica
  • O ensino da gramatica
  • O ensino de gramática
  • o ensino da gramática
  • Ensino da Gramática

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!