Ensinar e Aprender

Páginas: 7 (1536 palavras) Publicado: 11 de setembro de 2014
Resumo
O presente trabalho aborda as duas faces do ensino aprendizagem, aquele que aprende e aquele que ensina, embora pareça duas coisas diferentes. Aprender e ensinar não se separam, não se pode afirmar que um individuo só aprende ou só ensina, é uma construção de conhecimento que ambos aprendem e ensinam. Destarte o objetivo deste trabalho é fazer uma abordagem de como se dar o processo deensinar e aprender embasando-se em autores renomados da psicologia como Jean Piaget com sua teoria do desenvolvimento. O método utilizado foi pesquisa bibliográfica, bem como experiências vividas ao longo de quinze anos da profissão de professora.
Palavras – chave: Ensino Aprendizagem, Ensinar e Aprender.
INTRODUÇÃO
O fator motivador dessa pesquisa é as diferentes formas que acontece o ensinoaprendizagem, bem como ter como base a psicologia do desenvolvimento de Piaget. Em linhas gerais faremos uma abordagem do ato de ensinar e aprender, no seu contexto geral na escola, na vida em sociedade. Aprendizagem ocorre em diversas situações da nossa vida, assim aprender e ensinar faz parte do cotidiano desde o nascimento.
O presente trabalho está organizado na seguinte ordem na primeira partefaremos uma abordagem ressaltando que aprender e ensinar são duas coisas diferentes e na segunda parte aprendizagem escolar: na visão da teoria do desenvolvimento de Jean Piaget.
1. Ensinar e aprender: duas coisas diferentes
Ensinar e aprender são atos distintos que se completam que anda lado a lado numa práxis educativa, aquele que ensina, também aprende, pois o ato de ensinar requer treino,trabalho árduo, leitura e organização, mas nem sempre aquilo que se ensina, aprendem. Numa sala de aula com trinta alunos o professor explica no mínimo umas cinco vezes o mesmo conteúdo, isso se ele usar diferentes metodologias, se ele persistir num método só, ele pode explicar bem, mas vezes correndo o risco de poucos conseguirem compreenderem o que ele está falando. Isso se dar porque cada um temsua maneira particular de aprender.
Ainda não sabemos todos os processos usados pela mente para aprender, mas que existem alguns. A maneira como uma criança “aprende” a engatinhar não é exatamente a mesma como mais tarde, aprende a lidar com suas emoções ou a usar o computador. Entretanto, não há duvida de que existem diferentes processos de aprendizagem e de que é importante que todo professorconheça-o bem. Distancia-se do perfil de hoje professores apenas preocupado com os fundamentos e os conteúdos da disciplina que leciona: conhecê-los, evidentemente, é importantíssimo, mas compreender a maneira como a mente opera o conhecimento e assimila é o primordial (Antunes, 2007 p. 15)
Albert Bandura apud Antunes (2007 p. 19) [...] percebe a pessoa que aprende como contribuinte ativo de seuprocesso de aprendizagem, reconhecendo assim a influencia cognitiva sobre o comportamento. Na visão de Bandura além dos pais o aluno é responsável por sua aprendizagem, é uma via de mão dupla os pais incentivam proporcionam, ou seja, dão condições para que o mesmo frequente a escola e os filhos por sua vez precisam buscar meios para que essa aprendizagem aconteça.
Pode-se perceber que aprenderestá condicionado a um interesse pessoal, individual, particular de cada um, pois somos diferentes, dotados de capacidades diversas, isso quer dizer que cada um tem seu momento, “maturação” deve ser levado em conta à idade da criança na hora de cobra-lo. Hoje cada vez, mas é frequente o ingresso de alunos nas escolas muito cedo. As creche atende alunos de seis meses a três anos e onze meses, préescola dos quatro anos até os seis anos de idade. Desde a creche as crianças já iniciam o processo de ensino aprendizagem escolar, não que isso não tem que ser trabalhado, o que deve ser levado em conta, é o que está sendo cobrado, ter consciência das ações trabalhadas, se está de acordo com a fase de desenvolvimento da criança, se eles já têm maturidade para assimilar aquela informação.
Aprender...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aprender é ensinar
  • Ensinar para aprender
  • Ensinar e aprender
  • Ensinar e Aprender
  • ENSINAR E APRENDER
  • Ensinar e Aprender
  • Aprender e Ensinar
  • Ensinar e aprender

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!