Ensaio de granulometria

Páginas: 7 (1727 palavras) Publicado: 6 de junho de 2015
RELATÓRIO TÉCNICO
Ensaio de Granulometria

Alunos:
Antony Lima Souza - 201101100117
Bárbara S. Ressiguier – 201002051827
Evando Xavier Vatalia - 200801047598
Nicholas de Azeredo Bueno Ramos - 201002184258
Raquel Gomes Vilanova- 201301973921

Professor:
Thiago Thielmann de Araújo



1 INTRODUÇÃO
Este método de ensaio adotado tem por base a norma NBR 7217 de , Agosto/87 da ABNT. Oensaio de granulometria é o processo utilizado para a determinação da percentagem em peso que cada faixa especificada de tamanho de partículas representa na massa total ensaiada. Através dos resultados obtidos desse ensaio é possível a construção da curva de distribuição granulométrica, tão importante para a classificação dos solos bem como a estimativa de parâmetros para filtros, basesestabilizadas, permeabilidade, capilaridade etc. A determinação da granulometria de um solo pode ser feita apenas por peneiramento ou por peneiramento e sedimentação, se necessário.
2 MATERIAIS E MÉTODOS

1. Estufa capaz de manter a temperatura entre 60° C e 65°C e entre 105°C e 110°C;

2. Balanças que permitam pesar nominalmente 200 g, 1,5 kg, 5 kg e 10 kg, com resoluções de 0,01g, 0,1g, 0,5g e 1g,respectivamente, e sensibilidades compatíveis;

3. Recipientes adequados, tais como dessecadores, que permitam esfriar amostras sem absorção de umidade;

4. Aparelho de dispersão, com hélices substituíveis e copo munido de chicanas (a rotação da hélice do aparelho não deverá ser inferior a 9.000 rpm);

5. Proveta de vidro, com cerca de 450 mm de altura, com traço de referência indicando 1.000 cm3 a 20oC;

6. Proveta de vidro, c/ capacidade de 250 cm3 e resolução de 2 cm3;

7. Béquer de vidro, com capacidade de 250 cm3;

8. Tanque para banho, com dimensões adequadas à imersão das provetas até o traço de referência, capaz de manter a temperatura da suspensão aproximadamente constante durante a fase de sedimentação. Este banho é dispensável quando o ensaio for efetuado em ambiente com temperaturaaproximadamente constante.

9. Densímetro de bulbo simétrico, calibrado a 20oC com resolução de 0,001, graduado de 0,995 a 1,050;

10. Termômetro graduado de 0°C a 50°C, com resolução 0,1°C;

11. Relógio com indicação de segundos;

12. Agitador mecânico de peneiras com dispositivo para fixação de até seis peneiras, inclusive tampa e fundo;

13. Escova de cerdas metálicas;

14. Baqueta (bastão) devidro;

15. Bisnaga de borracha (piceta);

16. Peneiras de 50, 38, 25, 19, 9,5, 4,8, 2,0 mm (peneiramento grosso), 1,2, 0,6, 0,42, 0,25, 0,15,e 0,075mm (peneiramento fino), conforme a NBR 5734;

EXECUÇÃO DO ENSAIO (NBR 7181/84)

1. Preparação da amostra

Por quarteamento, tomar a quantidade de amostra preparada com secagem prévia, de acordo com a NBR 6457.

2. Operações preliminares
2.1. Determinara massa da amostra seca ao ar e anotar como MT.

2.2. Passar este material na peneira de 2,0 mm, tomando-se a precaução de desmanchar no almofariz todos os torrões eventualmente ainda existentes, de modo a assegurar a retenção na peneira somente dos grãos maiores que a abertura da malha. Basicamente, o ensaio será dividido em três partes, o que pressupõe a existência das seguintes amostras:a) todo o material retido na peneira (# 10) de 2,0 mm;

b) material que passa na peneira 2,0 mm, do qual:
b.1) cerca de 100 g são usados para determinação da umidade, executada com três amostras de pelo menos 30 g;
b.2) 120 g, no caso de solos arenosos, ou cerca de 70 g, no caso de solos siltosos ou argilosos, para o ensaio de sedimentação e/ou peneiramento fino.

3. Peneiramento do materialgrosso:
Lavar a parte retida na peneira de 2,0 mm (#10) a fim de eliminar o material fino aderente e secar em estufa a 105o–110oC, até constância de massa.
3.1. Utilizando-se o agitador mecânico, passar esse material nas peneiras de 50, 38, 25,19, 9,5, 4,8 e 2,0mm. Anotar as massas retidas acumuladas em cada peneira. A soma de todas essas massas retidas (ou o retido acumulado na peneira de 2,0 mm)...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ensaio de granulometria
  • Ensaio de granulometria
  • Ensaio de granulometria
  • Ensaio de Granulometria
  • ensaio granulometria
  • Ensaio de Granulometria
  • Ensaio de granulometria
  • ensaio de granulometria

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!